Gomes: Sérgio Guerra deixa lacuna na política

Durante o período em que Sérgio Guerra presidiu o Partido, Eduardo Gomes era filiado ao PSDB; "É uma grande perda para o cenário político brasileiro", lamentou; o vice-presidente nacional do Pros e senador Ataídes Oliveira também lamentou a morte do deputado pernambucano. “O parlamento brasileiro perdeu um grande político, com quem tive a oportunidade de conviver”, disse Ataídes; Ex-presidente do PSDB e deputado federal por Pernambuco, Sérgio Guerra tinha câncer de pulmão e morreu aos 66 anos em São Paulo, no hospital Sírio-Libanês

Durante o período em que Sérgio Guerra presidiu o Partido, Eduardo Gomes era filiado ao PSDB; "É uma grande perda para o cenário político brasileiro", lamentou; o vice-presidente nacional do Pros e senador Ataídes Oliveira também lamentou a morte do deputado pernambucano. “O parlamento brasileiro perdeu um grande político, com quem tive a oportunidade de conviver”, disse Ataídes; Ex-presidente do PSDB e deputado federal por Pernambuco, Sérgio Guerra tinha câncer de pulmão e morreu aos 66 anos em São Paulo, no hospital Sírio-Libanês
Durante o período em que Sérgio Guerra presidiu o Partido, Eduardo Gomes era filiado ao PSDB; "É uma grande perda para o cenário político brasileiro", lamentou; o vice-presidente nacional do Pros e senador Ataídes Oliveira também lamentou a morte do deputado pernambucano. “O parlamento brasileiro perdeu um grande político, com quem tive a oportunidade de conviver”, disse Ataídes; Ex-presidente do PSDB e deputado federal por Pernambuco, Sérgio Guerra tinha câncer de pulmão e morreu aos 66 anos em São Paulo, no hospital Sírio-Libanês (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O vice-presidente nacional do Solidariedade, deputado federal  Eduardo Gomes (TO), manifestou seu pesar pelo falecimento do ex-presidente do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), ocorrida nesta quinta-feira, 6.

Durante o período em que Sérgio Guerra presidiu o Partido, Eduardo Gomes era filiado ao PSDB e sempre manteve uma relação de amizade, respeito e admiração pelo colega de sigla e líder politico. "É uma grande perda para o cenário político brasileiro", lamentou.

Sérgio Guerra, que tinha câncer de pulmão, morreu aos 66 anos em São Paulo, no hospital Sírio-Libanês, onde estava internado há 15 dias. De acordo com o Hospital, ex-presidente do PSDB morreu em decorrência de complicações relacionadas a um quadro infeccioso. Uma pneumonia agravou seu estado de saúde.

O vice-presidente nacional do Pros e senador Ataídes Oliveira também lamentou a morte do deputado pernambucano. “O parlamento brasileiro perdeu um grande político, com quem tive a oportunidade de conviver. Perdem os pernambucanos e o Brasil. Guerra tinha muito ainda a fazer pela política nacional”, disse Ataídes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email