Google lança iniciativa para combater notícias falsas

O Google anunciou que lançaria a assinatura de notícias com o Financial Times, o New York Times, o Le Figaro e o The Telegraph, entre outros. O mecanismo de busca disse que planeja adicionar mais portais de notícias em breve.

Google lança iniciativa para combater notícias falsas
Google lança iniciativa para combater notícias falsas
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O Google está lançando a Iniciativa Google News para eliminar notícias falsas online e durante situações de publicação de notícias de última hora, disse a empresa em um posto no blog nesta terça-feira.

O Google informou que planeja gastar 300 milhões de dólares nos próximos três anos para melhorar a precisão e a qualidade das notícias que aparecem em suas plataformas.

As mudanças ocorrem no momento em que o Google, o Facebook e o Twitter enfrentam uma represália sobre o papel das redes sociais durante a eleição presidencial dos Estados Unidos, permitindo a disseminação de informações falsas e muitas vezes maliciosas que podem ter influenciado os eleitores em relação ao candidato republicano Donald Trump.

Em um post separado, o Google disse que estava lançando uma ferramenta para ajudar a assinar publicações de notícias.

A assinatura com o Google vai permitir que os usuários comprem uma assinatura nos sites de notícias participantes usando a conta do Google e gerenciem todas as assinaturas em um só lugar.

O Google anunciou que lançaria a assinatura de notícias com o Financial Times, o New York Times, o Le Figaro e o The Telegraph, entre outros. O mecanismo de busca disse que planeja adicionar mais portais de notícias em breve.

Por Arjun Panchadar

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247