Governador anuncia concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado

O governador Camilo Santana (PT) anunciou a concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado e oficializou a concessão de 759 bolsas de iniciação científica em solenidade na manhã desta quarta-feira (19). Somados, os investimentos em todos os programas de fomento à ciência para bolsistas em instituições de Ensino Superior do Estado chegam a R$ 20,7 milhões

O governador Camilo Santana (PT) anunciou a concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado e oficializou a concessão de 759 bolsas de iniciação científica em solenidade na manhã desta quarta-feira (19). Somados, os investimentos em todos os programas de fomento à ciência para bolsistas em instituições de Ensino Superior do Estado chegam a R$ 20,7 milhões
O governador Camilo Santana (PT) anunciou a concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado e oficializou a concessão de 759 bolsas de iniciação científica em solenidade na manhã desta quarta-feira (19). Somados, os investimentos em todos os programas de fomento à ciência para bolsistas em instituições de Ensino Superior do Estado chegam a R$ 20,7 milhões (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - Em solenidade na manhã desta quarta-feira (19), o governador Camilo Santana (PT) anunciou a concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado e oficializou a concessão de 759 bolsas de iniciação científica. Os benefícios para os estudantes são gerenciados pela Funcap, órgão vinculado à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece).

No evento, foram outorgadas pelo governador 503 bolsas de mestrado e 397 de doutorado. Selecionados pela Funcap por meio de Edital Público, os alunos contemplados mantêm atividades de pesquisa de alto nível em cursos credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em todo o Estado. Somente para as bolsas de pós-graduandos, o investimento foi de R$ 17,1 milhões.

Camilo Santana avaliou que a política mais do que estimula novos mestres e doutores. Para ele, distribuir novas bolsas significa, também, reforçar a importância da produção acadêmica local como aliada do poder público dentro do compromisso de elaborar planejamentos eficientes para combater os problemas do Ceará.

"O Estado investe na qualificação de jovens nas universidades não só para que eles possam se qualificar. Vai além de preparar esses jovens para o mercado de trabalho. Também queremos que eles possam dar um retorno para o Ceará em pesquisa e soluções dos problemas do Estado em diversas áreas, como nos problemas da seca, da saúde, de infraestrutura, alternativas de mobilidade urbana, dentre outros pontos. Esses resultados a gente vai poder ver através do desenvolvimento desses alunos", destacou o governador.

Além das bolsas de mestrado e doutorado, o governador Camilo Santana também oficializou a concessão de 759 bolsas de iniciação científica. Somados, os investimentos em todos os programas de fomento à ciência para bolsistas em instituições de Ensino Superior do Estado chegam a R$ 20,7 milhões.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247