Governador institui Comitê Gestor de Prevenção aos Acidentes de Trânsito

Foi publicado neste sábado (23), no Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto assinado pelo Governador Rui Costa instituindo o Comitê Gestor Estadual de Prevenção aos Acidentes de Trânsito envolvendo Veículos Automotores de duas ou três rodas. O objetivo do comitê é implementar ações e estratégias de intervenção para a redução da morbimortalidade por esse tipo de acidentes    

Foi publicado neste sábado (23), no Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto assinado pelo Governador Rui Costa instituindo o Comitê Gestor Estadual de Prevenção aos Acidentes de Trânsito envolvendo Veículos Automotores de duas ou três rodas. O objetivo do comitê é implementar ações e estratégias de intervenção para a redução da morbimortalidade por esse tipo de acidentes
 
 
Foi publicado neste sábado (23), no Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto assinado pelo Governador Rui Costa instituindo o Comitê Gestor Estadual de Prevenção aos Acidentes de Trânsito envolvendo Veículos Automotores de duas ou três rodas. O objetivo do comitê é implementar ações e estratégias de intervenção para a redução da morbimortalidade por esse tipo de acidentes     (Foto: Fatima 247)

Bahia 247 - Foi publicado neste sábado (23), no Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto que institui o Comitê Gestor Estadual de Prevenção aos Acidentes de Trânsito envolvendo Veículos Automotores de duas ou três rodas. O decreto nº 17.952, assinado pelo governador Rui Costa, visa à implementação de ações e estratégias de intervenção para a redução da morbimortalidade por esse tipo de acidentes.

Entre as atribuições do Comitê estão a elaboração de políticas sobre acidentes de trânsito com veículos de duas ou três rodas, seus efeitos sociais e de saúde, bem como o estabelecimento de políticas intersetoriais e interinstitucionais com as entidades que apresentam interface com os acidentes de trânsito e suas consequências.

O Comitê, coordenado pelo secretário da Saúde do Estado, Fabio Vilas-Boas, contará como membros os secretários da Segurança Pública, Educação, Infraestrutura e Comunicação Social, além do diretor do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) e dos presidentes do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde e da União dos Municípios da Bahia. 

De acordo com Fábio Vilas-Boas, os acidentes de moto representam hoje o maior e mais grave problema de saúde pública do estado, tendo em vista os elevados custos econômicos e sociais, além da elevada taxa de ocupação de leitos hospitalares, visto que são pacientes politraumatizados.

Para se ter uma ideia da importância da instituição desse Comitê, basta ver que, apenas na Bahia, entre os anos de 2000 e 2017, foram registradas 34.534 mortes em acidentes de trânsito, o equivalente à população de cidades baianas como Cachoeira ou Riachão do Jacuípe. Deste total, 6.695 pessoas estavam dirigindo motos, enquanto 12.080 eram ocupantes de carros.


Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247