Governador mantém funcionamento da Fenagro

Após a prefeitura interditar o Parque de Exposições, o governador Rui Costa determinou que o espaço continuasse aberto para a realização da Fenagro nesta segunda-feira; "A Secretaria de Agricultura (Seagri) intermediará o diálogo entre a organização do evento e o município para que os entraves sejam desfeitos. O mais importante é que seja estabelecido um acordo para não prejudicar o agronegócio baiano", disse Rui; em nota, a Seagri informou que foi aberta a apuração das circunstâncias que provocaram a morte de um cavalo por choque elétrico na madrugada desta segunda

Após a prefeitura interditar o Parque de Exposições, o governador Rui Costa determinou que o espaço continuasse aberto para a realização da Fenagro nesta segunda-feira; "A Secretaria de Agricultura (Seagri) intermediará o diálogo entre a organização do evento e o município para que os entraves sejam desfeitos. O mais importante é que seja estabelecido um acordo para não prejudicar o agronegócio baiano", disse Rui; em nota, a Seagri informou que foi aberta a apuração das circunstâncias que provocaram a morte de um cavalo por choque elétrico na madrugada desta segunda
Após a prefeitura interditar o Parque de Exposições, o governador Rui Costa determinou que o espaço continuasse aberto para a realização da Fenagro nesta segunda-feira; "A Secretaria de Agricultura (Seagri) intermediará o diálogo entre a organização do evento e o município para que os entraves sejam desfeitos. O mais importante é que seja estabelecido um acordo para não prejudicar o agronegócio baiano", disse Rui; em nota, a Seagri informou que foi aberta a apuração das circunstâncias que provocaram a morte de um cavalo por choque elétrico na madrugada desta segunda (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Após a prefeitura interditar o Parque de Exposições, na Avenida Paralela, em Salvador, o governador Rui Costa determinou que o espaço continuasse aberto para a realização da Fenagro nesta segunda-feira (30). 

"A Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri) intermediará o diálogo entre a organização do evento e o município para que os entraves sejam desfeitos. O mais importante é que seja estabelecido um acordo para não prejudicar o agronegócio baiano", disse Rui.

Até que o alvará exigido pela prefeitura seja liberado, o Parque de Exposições continuará aberto para a continuidade da feira, que deve deve movimentar cerca de R$ 100 milhões na economia baiana até o próximo domingo (6).

Em nota à imprensa, Seagri informou que foi aberta a apuração das circunstâncias que provocaram a morte de um cavalo por choque elétrico na madrugada desta segunda. O animal estava em uma baia móvel, montada por uma empresa contratada pela organização da Fenagro 2015.

"Imediatamente após tomar conhecimento da morte do animal, entrei em contato com a organização da Fenagro e determinei a apuração rigorosa do fato, com o objetivo de identificar os responsáveis pela falha no sistema elétrico. Nossa prioridade é garantir a segurança das pessoas e dos animais que participam do evento no Parque de Exposições e vamos continuar acompanhando esse caso de perto", afirmou o titular da Seagri, Vitor Bonfim.

O problema elétrico foi solucionado e a organização da Fenagro garantiu tomar as medidas cabíveis para responsabilizar a empresa que montou as baias móveis na tradicional feira da agropecuária baiana, realizada há 28 anos no Centro de Exposições de Salvador.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247