Governistas reagem a ataques da oposição

Deputado Cícero Magalhães (PT) destacou o trabalho da equipe de governo para continuar com a folha em dia; o parlamentar afirmou que os salários dos servidores estaduais só estão em dia por força do compromisso que o governo estadual tem com o funcionalismo público; parlamentar também disse não entender por que a oposição questiona a aliança com outros partidos, como o PP, e o fato do senador Ciro Nogueira buscar recursos federais para o Piauí em Brasília; líder do PMDB, deputado João Madison (PMDB) previu que o governador Wellington Dias vai se reeleger para o quarto mandato

Deputado Cícero Magalhães (PT) destacou o trabalho da equipe de governo para continuar com a folha em dia; o parlamentar afirmou que os salários dos servidores estaduais só estão em dia por força do compromisso que o governo estadual tem com o funcionalismo público; parlamentar também disse não entender por que a oposição questiona a aliança com outros partidos, como o PP, e o fato do senador Ciro Nogueira buscar recursos federais para o Piauí em Brasília; líder do PMDB, deputado João Madison (PMDB) previu que o governador Wellington Dias vai se reeleger para o quarto mandato
Deputado Cícero Magalhães (PT) destacou o trabalho da equipe de governo para continuar com a folha em dia; o parlamentar afirmou que os salários dos servidores estaduais só estão em dia por força do compromisso que o governo estadual tem com o funcionalismo público; parlamentar também disse não entender por que a oposição questiona a aliança com outros partidos, como o PP, e o fato do senador Ciro Nogueira buscar recursos federais para o Piauí em Brasília; líder do PMDB, deputado João Madison (PMDB) previu que o governador Wellington Dias vai se reeleger para o quarto mandato (Foto: Leonardo Lucena)

No Piauí Hoje - Ao invés de “dar o calado como resposta”, como vem acontecendo há meses, durante as sessões na Assembleia Legislativa, a base do governador Wellington Dias finalmente reagiu aos ataques da oposição no parlamento estadual. O deputado Cícero Magalhães (PT) ocupou a tribuna para defender Wellington Dias e reafirmar que a prioridade do governo é o servidor, o pagamento do funcionalismo em dia.

Um pouco antes de Magalhães iniciar sua fala, o líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Robert Rios Magalhães (PDT), tinha ocupado a tribuna - como tem feito na maioria das sessões - para atacar o governo do PT. “Esse é o pior Governo da história desse estado. Esse Governo vai despedaçar pela corrupção. Não há luz no fim do túnel”, criticou, pessimista.

Segundo Rios, Wellington Dias usa as vagas para estágios nos órgãos do Estado para tirar proveito político. “Apresentei o projeto de Lei que não seria nem necessário porque é óbvio demais para que todos os estagiários façam teste seletivo para prestar serviço ao Governo do Estado”.

O deputado afirmou ainda que muitos prefeitos andam falando mal de Wellington Dias porque esperam em vão pelas obras autorizadas pelo governador.

Sem se reportar às críticas ácidas da oposição, Magalhães destacou o trabalho da equipe de governo para continuar com a folha em dia. O parlamentar afirmou que os salários dos servidores estaduais só estão em dia por força do compromisso que o governador tem com o funcionalismo público

O orador disse não entender o porquê da oposição viver questionando a aliança com outros partidos, como o PP, e o fato do senador Ciro Nogueira buscar recursos federais para o Piauí em Brasília. Magalhães lembrou que o governador e o senador percorreram juntos o Piauí inteiro e sabem da necessidade de cada município e cada região do estado.

Outro que andava calado e também se manifestou foi o líder do PMDB, deputado João Madison (PMDB), reafirmando o compromisso do seu partido com o governador. E previu que o governador vai se reeleger para o quarto mandato.

O deputado Evaldo Gomes (PTC) também defendeu Wellington Dias e elogiou o empenho do senador Ciro Nogueira, de garimpar recursos para o Piauí. Evaldo acredita que Ciro e Wellington Dias vão estar no mesmo palanque durante a campanha eleitoral de 2018.

Já o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado João de Deus (PT), vai buscar junto à equipe econômica do governo um diagnóstico, um relatório detalhado sobre a situação financeira do Estado. E lembrou que há quase 14 anos o governo Wellington Dias vem pagando em dia os servidores públicos, ao contrário de gestões anteriores ao governo do PT, que atrasavam salários porque servidor público não era prioridade.

O deputado Cícero Magalhães concluiu seu pronunciamento admitindo que o governo poderá suspender obras, para que o pagamento do funcionalismo não sofra atraso e continue sendo a principal prioridade.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247