Governo continua recuperação das rodovias

Governo de Goiás prossegue com as obras de recuperação de rodovias em todas as regiões do Estado; reparos são executados pela Agetop, com recursos da ordem de R$ 212 milhões liberados em fevereiro pelo governador Marconi Perillo; Goiás foi dividido em 27 regiões (16 delas formadas por rodovias asfaltadas e 11 por rodovias não asfaltadas) e cerca de 70 equipes estão percorrendo, todas as semanas, os trechos que precisam de manutenção; há 10 dias o governador liberou mais R$ 34,5 milhões para obras em rodovias estaduais em situação mais crítica, como é o caso da malha na região de Caldas Novas

Regional Jaragua -GO 330 Trecho Ouro Verde-Campo Limpo fotos Video Eduardo Ferreira
Regional Jaragua -GO 330 Trecho Ouro Verde-Campo Limpo fotos Video Eduardo Ferreira (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O Governo de Goiás prossegue com as obras de recuperação de rodovias em todas as regiões do Estado. Os reparos são executados pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), com recursos da ordem de R$ 212 milhões liberados em fevereiro pelo governador Marconi Perillo.

Goiás foi dividido em 27 regiões (16 delas formadas por rodovias asfaltadas e 11 por rodovias não asfaltadas) e cerca de 70 equipes estão percorrendo, todas as semanas, os trechos que precisam de manutenção. Na semana passada, o governador liberou mais R$ 34,5 milhões do Tesouro Estadual para as obras em rodovias estaduais em situação mais crítica, como é o caso da malha na região de Caldas Novas. As obras estarão concluídas em 60 dias após a liberação dos recursos.

“É bom relembrar que nos últimos quatro anos nós reconstruímos 4,5 mil quilômetros de rodovias, mas ainda sobraram 1.100 quilômetros que estavam previstos para o ano passado e que não foram reconstruídos por falta de recursos”, afirmou Marconi. “Mas, neste ano, tomei a primeira providência em janeiro que foi fazer o primeiro empenho destinando R$ 212 milhões para manutenção e conserva dos 22 mil quilômetros de rodovias asfaltadas e não asfaltadas", afirmou o governador.

"Agora, nós tínhamos feito um plano de reconstrução dessas rodovias. Como o Brasil está parado por conta do processo de impeachment e por conta da crise financeira, nós fizemos um plano B, que é o de agir emergencialmente nos 1.100 quilômetros de rodovias que estão com problemas. Eu liberei, hoje, R$ 34,5 milhões para que as empresas possam entrar e realizar obras que possam dar trafegabilidade a essas estradas", disse Marconi.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email