Governo discute PAI com 40 ações estratégicas

Modelo similar ao PAC, o Programa de Ações Integradas de Desenvolvimento foi objeto de reunião entre auxiliares graduados e o governador Marconi Perillo; plano deve ser anunciado oficialmente no início de agosto e implantado definitivamente em 2013; financiamento envolve recursos estaduais e federais

Governo discute PAI com 40 ações estratégicas
Governo discute PAI com 40 ações estratégicas (Foto: Rodrigo Cabral)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_ O governo do Estado planeja de 40 ações que serão prioridade até 2014. O Programa de Ações Integradas de Desenvolvimento (PAI) foi discutido ontem em reunião entre o governador Marconi Perillo e auxiliares do primeiro escalão. A reunião, realizada no Salão Verde do Palácio das Esmeraldas, durou quase duas horas, onde cada secretário expôs as prioridades de suas áreas. O financiamento dos projetos também foi debatido, e envolverão recursos do governo estadual, federal e de fontes diversas.

Segundo Marconi, o PAI visa também combater os "entraves burocráticos" da máquina. O governador reconhece que existem gargalos em órgãos como as secretarias de Planejamento, Fazenda, Meio Ambiente, Saúde, Educação, Controladoria-Geral do Estado, entre outros, que precisam ser corrigidos. "O nosso PAI será parecido com PAC", enfatizou o governador, ao acrescentar que serão enviados projetos à Assembleia Legislativa e baixados decretos governamentais, visando dar forma ao conjunto de medidas.

A intenção do governo e fazer altos investimentos em diversas áreas, com foco para o desenvolvimento, logística de transportes, saneamento básico, segurança pública, saúde e educação, meio ambiente e promoção social. "Cada programa terá um selo de prioridade", acrescentou Marconi. "Da mesma forma que uma obra que está contida no PAC tem recursos garantidos, a obra que tiver esse selo de prioridade terá garantia de liberação de dinheiro, prioridade na licitação e realização", emenda.

Pelo cronograma discutido, o programa deve ser anunciado oficialmente no início de agosto e implantado definitivamente em 2013. O plano prevê integração de todos os órgãos do Estado e é composto pelas ações previstas no plano de governo e no Plano Plurianual até 2014.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected].br

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247