Governo do Estado e Votorantim fecham parceria para construção de duas novas fábricas

O Grupo Votorantim deve instalar mais duas novas fábricas de cimento no Ceará, em Sobral e São Gonçalo do Amarante, com investimentos da ordem de R$ 969 milhões e gerando 1.200 novos empregos. Diretores do grupo estiveram reunidos hoje com o governador Camilo Santana para firmar acordo de parceria

O Grupo Votorantim deve instalar mais duas novas fábricas de cimento no Ceará, em Sobral e São Gonçalo do Amarante, com investimentos da ordem de R$ 969 milhões e gerando 1.200 novos empregos. Diretores do grupo estiveram reunidos hoje com o governador Camilo Santana para firmar acordo de parceria
O Grupo Votorantim deve instalar mais duas novas fábricas de cimento no Ceará, em Sobral e São Gonçalo do Amarante, com investimentos da ordem de R$ 969 milhões e gerando 1.200 novos empregos. Diretores do grupo estiveram reunidos hoje com o governador Camilo Santana para firmar acordo de parceria (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O Governo do Ceará e a Votorantim Cimentos firmaram parceria para a construção de duas novas fábricas no estado. Os empreendimentos, que foram apresentados por diretores da empresa nesta terça-feira (24) em reunião com o governador Camilo Santana, serão localizados em Sobral e no Pecém (São Gonçalo do Amarante). Batizadas de Sobral II e Pecém II, o total de investimentos nas empresas será de R$ 969 milhões - R$ 769 na indústria da Região Norte e R$ 200 milhões na companhia da Região Metropolitana de Fortaleza.

A previsão, segundo a empresa, é de início das obras em maio de 2015, em Sobral, e julho deste ano, no Pecém.

O Estado do Ceará oferecerá infraestrutura - estrada de acesso às indústrias e linha de transmissão de energia -, além de benefício fiscal. "Estou muito satisfeito com esses novos empreendimentos. Nós temos o compromisso de gerar emprego e renda para a população de todo o Ceará, com políticas de interiorização do desenvolvimento. Esse já é um primeiro passo para isso", disse o governador. 

 Empregos

 As empresas, juntas, terão 1.200 novos postos de trabalho, com geração de renda anual de aproximadamente R$ 7 milhões. Além disso, serão 1.600 empregos temporários gerados durante as obras. Nas comunidades locais, a Votorantim Cimentos realizará cursos técnicos em parceria com as prefeituras e entidades como o Senai para a preparação de mão-de-obra. 

 As empresas Sobral I e Pecém I, que estão em operação, produzem atualmente cerca de 3 milhões de toneladas de cimento por ano e geram aproximadamente 2 mil empregos diretos e indiretos.  

Assessoria de Comunicação

Governador Camilo Santana 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247