Governo inaugura Centro de Biotecnologia da UEG

Com o objetivo de promover a integração dos 21 municípios da cadeia produtiva láctea do Oeste Goiano, o Governo de Goiás inaugurou o Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal (BIOTEC), em São Luis de Montes Belos; ele é fruto da orientação dada pelo governador Marconi Perillo para que a Universidade Estadual de Goiás (UEG) invista em cursos e ações voltados para fortalecer as características econômicas específicas, as peculiaridades e aptidões de cada região

Com o objetivo de promover a integração dos 21 municípios da cadeia produtiva láctea do Oeste Goiano, o Governo de Goiás inaugurou o Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal (BIOTEC), em São Luis de Montes Belos; ele é fruto da orientação dada pelo governador Marconi Perillo para que a Universidade Estadual de Goiás (UEG) invista em cursos e ações voltados para fortalecer as características econômicas específicas, as peculiaridades e aptidões de cada região
Com o objetivo de promover a integração dos 21 municípios da cadeia produtiva láctea do Oeste Goiano, o Governo de Goiás inaugurou o Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal (BIOTEC), em São Luis de Montes Belos; ele é fruto da orientação dada pelo governador Marconi Perillo para que a Universidade Estadual de Goiás (UEG) invista em cursos e ações voltados para fortalecer as características econômicas específicas, as peculiaridades e aptidões de cada região (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Com o objetivo de promover a integração dos 21 municípios da cadeia produtiva láctea do Oeste Goiano, o Governo de Goiás inaugurou, na última quinta-feira (16), o Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal (BIOTEC), em São Luis de Montes Belos. Ele é fruto da orientação dada pelo governador Marconi Perillo para que a Universidade Estadual de Goiás (UEG) invista em cursos e ações voltados para fortalecer as características econômicas específicas, as peculiaridades e aptidões de cada região.

O projeto foi elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), em parceria com a Universidade Estadual de Goiás. O laboratório vai atender as áreas de reprodução e biotecnologia animal e tem por objetivo a capacitação dos trabalhadores do Arranjo Produtivo Lácteo (APL) da Microrregião. A nova unidade do Biotec, denominada Cotec Lácteo, vai beneficiar cooperativas, propriedades leiteiras e os diversos segmentos ligados ao setor leiteiro corresponsáveis pela promoção do desenvolvimento socioeconômico regional local.

Superintendente Executivo de Ciência e Tecnologia da SED, Mauro Faiad assegura que o laboratório vai impulsionar a economia goiana a partir da região. “Esse Cotec representa um ponto de inflexão na economia local, que vai tornar a atividade leiteira mais atrativa e rentável. O laboratório vai qualificar a mão de obra local e oferecerá novas técnicas voltadas para o trato da atividade leiteira, que serão disponibilizadas aos produtores pelo Biotec de São Luis de Montes Belos a partir de sua instalação”, afirma Faiad.

Para a montagem do laboratório, o Governo de Goiás investiu o total de R$ 2,5 milhões, sendo R$ 1,5 milhão por meio da UEG e R$ 1 milhão através da SED. Esses investimentos vão se reverter em benefícios diretos para a cadeia láctea, principalmente a formação de mão de obra e a capacitação específica dos atores da cadeia do leite que atuam nas 5.273 pequenas propriedades rurais locais (Dados do IBGE/Censo Agropecuário de 2007).

Ao vivo na TV 247 Youtube 247