Governo investirá R$ 78 mi em assistência obstétrica

Plano de Investimento em Assistência Obstétrica de Alto Risco será lançado na próxima segunda-feira (14); duas unidades serão construídas e outras quatro requalificadas

Governo investirá R$ 78  mi em assistência obstétrica
Governo investirá R$ 78 mi em assistência obstétrica (Foto: Pire/Pref.Olinda)

Raphael Coutinho _PE247 –

O Governo de Pernambuco vai construir duas novas maternidades de alto risco e requalificar outras quatro que são de baixo risco para alto. O anúncio será feito na próxima segunda-feira (14) e faz parte do Plano de Investimento em Assistência Obstétrica de Alto Risco. Serão investidos aproximadamente R$ 78 milhões no projeto, que tem o objetivo de ampliar e descentralizar os serviços de obstetrícia em Pernambuco em um prazo de dois anos.
Duas unidades serão construídas no Grande Recife. A Maternidade Metropolitana Sul de Alto Risco, será erguida em Jaboatão dos Guararapes. O empreendimento será uma unidade municipal e terá um investimento de R$ 16 milhões, sendo R$ 4 milhões do Estado, R$ 4 milhões do município e R$ 8 milhões do Ministério da Saúde. Já em Olinda, a Maternidade Brites de Albuquerque, atualmente em reforma, será transformada na Maternidade Metropolitana Norte de Alto Risco. Nela, o Estado aplicará R$ 8 milhões na construção da UTI neonatal, UTI obstétrica e bloco cirúrgico.
O maior volume de recursos, cerca de R$ 41 milhões, será utilizado na construção do Hospital da Mulher, em Caruaru, no Agreste. A unidade contará com 160 leitos, sendo 36 de alto risco, e outros 30 de UTI Adulto e Neonatal. O hospital será uma referência para mais de 32 municípios do Agreste e regiões próximas, ajudando a desafogar a rede de saúde do Recife.
Outra unidade que receberá investimentos é o Hospital João Murilo, localizado em Vitória de Santo Antão, que será transformado na Maternidade Metropolitana Oeste de Alto Risco. A verba garantida para o local é de R$ 6 milhões, para utilização na adequação de área física e construção de UTI e UCI neonatal. O Hospital Professor Agamenon Magalhães, localizado em Serra Talhada, no Sertão, será transformado em maternidade de alto risco e serão construídos 10 novos leitos de UTI Neonatal no Hospital Dom Malan, em Petrolina.
Com informações da assessoria de imprensa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247