Governo lança pacto de sustentabilidade e desenvolvimento para o Estado

O governador Camilo Santana (PT) instituiu nesta quarta-feira (2) o Pacto por um Ceará Sustentável. Estão entre o campo de competências do comitê garantir a sustentabilidade dos recursos hídricos, a conservação e recuperação da Caatinga e demais biomas e ecossistemas terrestres e aquáticos, o enfrentamento e mitigação dos efeitos das mudanças climáticas e do avanço da desertificação. "Acredito que trará muitas contribuições para o Estado do Ceará", garantiu o governador

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Uma pactuação pela construção de uma cultura de sustentabilidade, de justiça ambiental e econômica. Para selar o compromisso com o debate e ações envolvendo o eixo de atuação estadual, o Governo do Ceará instituiu nesta quarta-feira (2), em cerimônia no Palácio da Abolição, o Pacto por um Ceará Sustentável. Na solenidade, o governador Camilo Santana (PT) assinou o decreto de instalação da iniciativa, bem como mais de 40 instituições confirmaram presença no Comitê Gestor do Pacto.

O Ceará Sustentável terá ações pautadas em Planos de Trabalho, na perspectiva do Plano de Desenvolvimento Ceará 2050 (conjunto de estratégias para geração de recursos e resolução de questões sociais), e objetiva a atuação articulada entre órgãos públicos estaduais, municipais e federais, além de instituições da sociedade civil, para elaboração de políticas de gestão ambiental integradas, focadas na convivência com o semiárido, saneamento básico e energias renováveis.

Estão entre o campo de competências do comitê no Pacto: garantir a sustentabilidade dos recursos hídricos, a conservação e recuperação da Caatinga e demais biomas e ecossistemas terrestres e aquáticos, o enfrentamento e mitigação dos efeitos das mudanças climáticas de modo geral e do avanço da desertificação no estado em específico.

Camilo Santana destacou que o Pacto por um Ceará Sustentável discutirá questões fundamentais para a população do Estado, tornando amplo o debate para planejar e ampliar ações que garantam mais qualidade de vida para os cidadãos cearenses. Sobre a periodicidade das reuniões do comitê, o governador disse que serão definidas as diretrizes em breve, mas que seguirá o padrão hoje visto em outros planos de trabalho do Governo do Ceará.

"O Pacto funcionará no mesmo sistema no qual hoje funciona o Ceará Pacífico, coordenado pela Izolda (Cela, vice-governadora), onde ela faz reuniões com as instituições e discute as ações, constrói políticas e traz para mesa do comitê geral. Acredito que trará muitas contribuições para o Estado do Ceará", garantiu o governador.

Durante o lançamento do Ceará Sustentável, Camilo também reforçou que será lançado até 2018 o Pacto por um Ceará Saudável, abordando iniciativas e políticas públicas voltadas à Saúde. Para esta pactuação, o governador adiantou que deverá formar comitê coordenado por representante de instituição fora da estrutura do poder Executivo estadual.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247