Greve de ônibus paralisa 70% da frota em BH

Motoristas e cobradores paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira (25) e seguem de braços cruzados até as 12h, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH); a estimativa é de que cerca de 70% da frota esteja parada; a paralisação dos rodoviários atinge todas as linhas convencionais que operam na capital, além do sistema BRT/Move; apesar das cerca de 220 mil pessoas afetadas com a paralisação total nas estações Diamante e Barreiro, a BHTrans não registrou nenhum tipo de problema 

Motoristas e cobradores paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira (25) e seguem de braços cruzados até as 12h, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH); a estimativa é de que cerca de 70% da frota esteja parada; a paralisação dos rodoviários atinge todas as linhas convencionais que operam na capital, além do sistema BRT/Move; apesar das cerca de 220 mil pessoas afetadas com a paralisação total nas estações Diamante e Barreiro, a BHTrans não registrou nenhum tipo de problema 
Motoristas e cobradores paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira (25) e seguem de braços cruzados até as 12h, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH); a estimativa é de que cerca de 70% da frota esteja parada; a paralisação dos rodoviários atinge todas as linhas convencionais que operam na capital, além do sistema BRT/Move; apesar das cerca de 220 mil pessoas afetadas com a paralisação total nas estações Diamante e Barreiro, a BHTrans não registrou nenhum tipo de problema  (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Motoristas e cobradores paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira (25) e seguem de braços cruzados até as 12h, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH). A estimativa é de que cerca de 70% da frota esteja parada. 

A paralisação dos rodoviários atinge todas as linhas convencionais que operam na capital, além do sistema BRT/Move. Apesar das cerca de 220 mil pessoas afetadas com a paralisação total nas estações Diamante e Barreiro, a BHTrans não registrou nenhum tipo de problema. 

Às 14h está prevista uma manifestação na Avenida Afonso Pena, em frente à Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, com o objetivo de pressionar o prefeito Marcio Lacerda a se posicionar sobre o projeto aprovado na Câmara Municipal que abre brechas para a extinção da figura do cobrador dos ônibus, o que poderia tirar o emprego de cerca de 6 mil pessoas na capital mineira, segundo o Sindicato dos Rodoviários.

 



O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247