Grupos de extermínio de gays celebram vitória de Bolsonaro em Goiás

Após a vitória de Jair Bolsonaro, grupos extremistas que pregam o extermínio de gays se manifestaram nas redes sociais; um deles afirma que, com a eleição de Bolsonaro, 'acabou o crime de homofobia' - sic, e que é preciso 'fazer a limpa' de gays no Brasil; a postagem ainda conclui: "gay bom é gay morto"

Grupos de extermínio de gays celebram vitória de Bolsonaro em Goiás
Grupos de extermínio de gays celebram vitória de Bolsonaro em Goiás
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após a vitória de Jair Bolsonaro, grupos extremistas que pregam o extermínio de gays se manifestaram nas redes sociais. Um deles afirma que, com a eleição de Bolsonaro, 'acabou o crime de homofobia' - sic, e que é preciso 'fazer a limpa' de gays no Brasil. A postagem ainda conclui: "gay bom é gay morto". 

Os grupos divulgam números de WhatsApp para arregimentar pessoas contra gays com a intenção criminosa de matar. Autoridades ainda não se pronunciaram. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247