Guimarães: "Ninguém nesse país tá mais obrigado a respeitar nada"

O deputado federal José Guimarães (PT-CE) considera que os episódios de ontem, envolvendo a guerra jurídica com o não cumprimento do "habeas corpus" que libertaria o ex-presidente Lula, aponta que a crise institucional brasileira está pior que na ditadura militar. "Ninguém nesse país tá mais obrigado a respeitar nada. Pior que na Ditadura Militar", afirmou o parlamentar

Guimarães: "Ninguém nesse país tá mais obrigado a respeitar nada"
Guimarães: "Ninguém nesse país tá mais obrigado a respeitar nada" (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Ceará 247 - O deputado federal José Guimarães (PT-CE) considera que os episódios de ontem, envolvendo a guerra jurídica com o não cumprimento da decisão do desembargador Rogério Favreto concedendo o "habeas corpus" ao ex-presidente Lula, aponta que a crise institucional brasileira está pior que na ditadura militar. 

"A que ponto chegamos: O presidente do Tribunal da 4ª região decide de ofício suspender a decisão do desembargador de plantão que determinou a soltura de Lula. Ninguém nesse país tá mais obrigado a respeitar nada. Pior que na Ditadura Militar", afirmou o parlamentar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247