Haddad convoca São Paulo para 'Ato da Virada' nesta quarta

Movimentos populares e partidos políticos se juntam nesta quarta-feira (24), em São Paulo, para o "Ato da Virada – Brasil pela Democracia", em apoio ao candidato a Presidente pelo PT, Fernando Haddad; militantes vão se reunir a partir das 17h no Largo da Batata, zona oeste da capital paulista

Haddad convoca São Paulo para 'Ato da Virada' nesta quarta
Haddad convoca São Paulo para 'Ato da Virada' nesta quarta (Foto: Ricardo Stuckert)

Rede Brasil Atual - Movimentos populares e partidos políticos se juntam nesta quarta-feira (24), em São Paulo, para o "Ato da Virada – Brasil pela Democracia", em apoio ao candidato a Presidente pelo PT, Fernando Haddad. Os militantes vão se reunir a partir das 17h no Largo da Batata, zona oeste da capital paulista.

Cinco dias antes do segundo turno das eleições presidenciais, o objetivo é demonstrar força política capaz de reverter desvantagem de Haddad, explica Kelli Mafort, da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ao Brasil de Fato.

"Nós estamos compreendendo que o processo das eleições ainda estão em disputa. É possível virar. E esse processo do ato consagra todo um trabalho que a gente vem fazendo com as nossas brigadas nas periferias, nos centros das capitais, nas cidades pelo país afora", afirma a dirigente.

O candidato de extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL), lidera as pesquisas de intenção de voto. De acordo com levantamento do Ibope, divulgado nesta terça (23), Bolsonaro tem 57% dos votos válidos, enquanto Haddad tem 43%. Em comparação com a última pesquisa, do dia 15, a diferença entre os candidatos caiu 4 pontos percentuais.

"E com quem a gente tem conversado nos trens, metrôs, terminais de ônibus ou batendo de casa em casa, a gente sente uma grande esperança da virada e que, de fato, vamos conseguir derrotar essas forças ultradireitistas que estão concentradas na candidatura de Jair Bolsonaro", completa Kelli.

De acordo com o secretário nacional de Movimentos Populares e Políticas do PT, Ivan Alex, a militância precisa estar consciente e motivada para disputar os votos dos indecisos. "Esse ato irá fortalecer e energizar a todos para que nas voltas para suas casas, para suas escolas, seus locais de trabalho estejam mais preparados e com mais elementos para fazer a virada. É a hora de dialogar com o povo sobre o que está em jogo nessas eleições", afirmou.

Nesta terça, cerca de 70 mil pessoas estiveram nos Arcos da Lapa, zona central do Rio de Janeiro, para o o ato realizado em apoio a Fernando Haddad, com a participação de artistas como Chico Buarque, Mano Brown e Caetano Veloso.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247