Haddad: metrópole se tornará a mais moderna e a mais justa do continente

Em artigo na Folha, prefeito de São Paulo (PT) destaca parcerias com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e com a presidente Dilma Rousseff, no dia do aniversário da cidade de 459

Haddad: metrópole se tornará a mais moderna e a mais justa do continente
Haddad: metrópole se tornará a mais moderna e a mais justa do continente
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Com um discurso diplomático, que engloba o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e a presidente Dilma Rousseff, o petista Fernando Haddad faz balanço de seus 25 dias no cargo de prefeito de São Paulo. No dia do aniversário da cidade, ele promete transformar a metrópole na mais moderna e mais justa do continente. Leia o artigo publicado na Folha:

São Paulo, 459

Com parcerias e a reforma urbana representada pelo Arco do Futuro, a metrópole se tornará a mais moderna e a mais justa do continente

Inaugurar um novo capítulo na história de São Paulo, que hoje completa 459 anos, é uma necessidade cristalizada na expectativa de seus cidadãos e cravada nos esforços da minha administração.

Essa expectativa e esse esforço não podem ter desvios. Precisam pavimentar o caminho para o diálogo, a proximidade, a transparência, as metas, o planejamento efetivo e moderno, a gestão inovadora e os investimentos que São Paulo tanto precisa para se reerguer e ter seu verdadeiro tamanho.

A cidade é grande demais, importante demais, vibrante demais para ser medida com a régua de interesses paroquiais, hostilidades partidárias ou disputas de poder.

Nessa nova ótica, precisamos unir forças pelo diálogo e construir a cidade que queremos deixar para nossos filhos e netos. E a cidade que queremos não é pequena. Não é fraturada. Não é dividida. Não sente medo. Não guarda desconfiança em suas esquinas. Não desrespeita e não desespera.

E principalmente: não perde tempo. Celebro hoje meu aniversário, junto com o da cidade. E celebro também 25 dias de mandato, com a satisfação de ter anunciado as parcerias que conquistamos para nossos cidadãos. Uma, em especial, merece destaque por reunir os governos estadual e federal, para requalificar o coração de nossa cidade.

Por meio de uma PPP (parceria público-privada), com recursos da prefeitura, do Estado e da União (Minha Casa, Minha Vida), vamos construir 16 mil moradias de interesse social no centro de São Paulo, região que desperta carinho e nostalgia, reúne emprego e infraestrutura, mas se apresenta como uma mistura inóspita de degradação e abandono.

Anunciamos investimentos conjuntos com o governador Geraldo Alckmin para a construção de 20 creches na cidade, onde cuidaremos da primeira infância. Também concedemos ao governo do Estado de São Paulo um terreno para o construção de um piscinão coberto na avenida Anhaia Mello, com o objetivo de acabar com as inundações da região. Firmamos ainda um convênio para a implantação de um corredor de ônibus na avenida Jacu Pêssego, o Perimetral Leste, que vai ligar a região do ABC a Guarulhos.

São Paulo também será beneficiada com os repasses do Programa de Aceleração do Crescimento para o combate a enchentes. Com esses recursos, a prefeitura pretende construir quatro novos piscinões nas bacias do Aricanduva e do Pinheiros.

Hoje entregamos para a presidente Dilma Rousseff o terreno para a construção do campus da zona leste da Universidade Federal de São Paulo e do campus noroeste do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de São Paulo.

Assegurar a São Paulo o mesmo progresso que o Brasil experimentou e experimenta na última década é uma das ambições que move a minha administração e, tenho certeza, também a da presidente Dilma. Por isso, a cerimônia de hoje à tarde, em Itaquera, tem todo um significado. São recursos do programa Minha Casa, Minha Vida transformados em 300 moradias, das quais 181 destinadas a famílias que se encontravam em áreas de alto risco.

Nem bem começamos ainda. A cidade espera muito de nós. E vamos responder com a reforma urbana embutida no Arco do Futuro e no aprofundamento das parcerias com as quais teremos condições de garantir a São Paulo a posição que sempre desejou. A de mais moderna, mais viva e mais justa metrópole do continente.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247