Haddad negocia terreno ocupado para sem-teto

Prefeito da capital paulista negocia com o governo federal a construção de moradias populares no terreno ocupado desde o início do mês pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), chamado de Copa do Povo, próximo ao estádio do Itaquerão; emenda com a proposta será entregue pelo Executivo à Câmara Municipal na próxima semana

Prefeito da capital paulista negocia com o governo federal a construção de moradias populares no terreno ocupado desde o início do mês pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), chamado de Copa do Povo, próximo ao estádio do Itaquerão; emenda com a proposta será entregue pelo Executivo à Câmara Municipal na próxima semana
Prefeito da capital paulista negocia com o governo federal a construção de moradias populares no terreno ocupado desde o início do mês pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), chamado de Copa do Povo, próximo ao estádio do Itaquerão; emenda com a proposta será entregue pelo Executivo à Câmara Municipal na próxima semana (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 – O prefeito Fernando Haddad negocia com o governo federal a construção de moradias populares no terreno ocupado por integrantes do movimento sem teto desde o início do mês. A área ocupada de 150 mil m², chamada de 'Copa do Povo', fica próxima ao estádio do Itaquerão, na zona leste de São Paulo.

A emenda com a proposta que classifica a área como uma Zona Especial de Interesse Social (Zeis) deve ser entregue pelo Executivo à Câmara Municipal de São Paulo na próxima semana. Nesta quarta-feira, cerca e 3,5 mil sem-teto protestaram em frente à Casa legislativa pedindo aprovação da emenda e votação definitiva do novo Plano Diretor da cidade.

O terreno pertence à construtora Viver Incorporadora, que já sinalizou interesse na venda ao governo para a construção de moradias para o programa Minha Casa, Minha Vida (leia mais aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247