Haddad vota em SP: vamos lutar até o último minuto

"Vamos lutar até o último minuto", declarou o candidato da democracia, Fernando Haddad (PT), pouco antes de votar na capital paulista, acompanhado da esposa, Ana Estela Haddad; mais cedo, ele tomou café da manhã com lideranças do PT; "Gente importante declarou voto em mim", destacou; em frente à seção, pessoas com flores nas mãos entoaram um canto de paz e esperança; assista

Haddad vota em SP: vamos lutar até o último minuto
Haddad vota em SP: vamos lutar até o último minuto (Foto: Mídia Ninja)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Pouco antes de votar na manhã deste domingo 28, o candidato da frente democrática, Fernando Haddad (PT), declarou: "Vamos lutar até o último minuto". As intenções de voto em Haddad têm crescido nas últimas pesquisas, enquanto tem caído as de Jair Bolsonaro. A rejeição a Haddad também tem diminuído, ao contrário de seu adversário. Os números apontam grande possibilidade de virada.

Na pesquisa Vox 247 realizada neste sábado 27, os dois candidatos aparecem com empate número: 43% dos votos totais cada um e 50% dos votos válidos. No caso dos votos totais, a pesquisa registrou 9% para ninguém/brancos/nulos 3% para "não sabe" ou "não respondeu" (confira aqui a íntegra do levantamento).

Haddad foi votar em uma escola em Indianópolis, bairro da zona sul da capital paulista, acompanhado de sua esposa, Ana Estela Haddad. Mais cedo, ele tomou café da manhã com lideranças do PT. "Gente importante declarou voto em mim", destacou. Em frente à seção, pessoas com flores nas mãos entoaram um canto de paz e esperança.

Neste fim de semana, nomes importantes da classe artística e política declarou seu voto em Haddad, como o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, visto como o agente anticorrupção, que relatou o caso do 'mensalão' na corte, e o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, que comandou boa parte da Lava Jato.

Inscreva-se na TV 247 e assista à fala de Haddad e ao canto em frente à seção:




Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247