Heitor Férrer finalmente se filia ao PSB

Depois de adiar sua filiação ao PSB quase ao limite do prazo legal, Heitor Férrer finalmente assina hoje a ficha no seu novo partido. A filiação será discreta, sem comemoração festiva, a pedido do próprio parlamentar. Heitor deixa o PDT se dizendo preterido pelo partido no qual militou durante 28 anos, sendo que nos últimos anos, sempre na contramão das decisões partidárias, mas gozando da complacência da direção da legenda por considerá-lo um trunfo eleitoral importante e ao mesmo tempo inofensivo, uma vez que Heitor nunca teve o controle da maioria do partido. Agora é esperar que Danilo Forte, atual presidente do PSB, se renda também à lógica de Heitor e não cobre fidelidade às decisões da maioria partidária

Depois de adiar sua filiação ao PSB quase ao limite do prazo legal, Heitor Férrer finalmente assina hoje a ficha no seu novo partido. A filiação será discreta, sem comemoração festiva, a pedido do próprio parlamentar. Heitor deixa o PDT se dizendo preterido pelo partido no qual militou durante 28 anos, sendo que nos últimos anos, sempre na contramão das decisões partidárias, mas gozando da complacência da direção da legenda por considerá-lo um trunfo eleitoral importante e ao mesmo tempo inofensivo, uma vez que Heitor nunca teve o controle da maioria do partido. Agora é esperar que Danilo Forte, atual presidente do PSB, se renda também à lógica de Heitor e não cobre fidelidade às decisões da maioria partidária
Depois de adiar sua filiação ao PSB quase ao limite do prazo legal, Heitor Férrer finalmente assina hoje a ficha no seu novo partido. A filiação será discreta, sem comemoração festiva, a pedido do próprio parlamentar. Heitor deixa o PDT se dizendo preterido pelo partido no qual militou durante 28 anos, sendo que nos últimos anos, sempre na contramão das decisões partidárias, mas gozando da complacência da direção da legenda por considerá-lo um trunfo eleitoral importante e ao mesmo tempo inofensivo, uma vez que Heitor nunca teve o controle da maioria do partido. Agora é esperar que Danilo Forte, atual presidente do PSB, se renda também à lógica de Heitor e não cobre fidelidade às decisões da maioria partidária (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Marcada para a manhã de hoje, a filiação do deputado estadual Heitor Férrer ao PSB encerra a novela que se arrastava há quase um mês da mudança de partido do parlamentar. Heitor Ferrer, pré-candidato declarado à prefeitura de Fortaleza esperou que o atual prefeito Roberto Cláudio, do grupo político dos irmãos Ferreira Gomes, oficializasse sua ida para o PDT, para só então pedir sua desfiliação, alegando "preterimento, constrangimento e perseguição" do partido ao qual esteve filiado durante 28 anos. A ida de Roberto Cláudio para o PDT enterra de vez as pretensões de Heitor Férrer no partido.

Nos últimos anos, Heitor Férrer tem atuado na Assembleia Legislativa na contramão das orientações partidárias, fazendo oposição aos governos de Cid Gomes e agora, declarando independência em relação ao governo de Camilo Santana (PT), mesmo sendo o líder do governo, o deputado Evandro Leitão, seu colega pedetista e o partido estar na base de apoio do governador. Mas, Heitor faz política com orientação personalista e não sob a orientação partidária. Agora, para pedir desfiliação, expõe sua mágoa, sem lembrar da sua postura de indisciplina em relação às posições do partido, demonstrando com esse comportamento que o PDT era apenas seu abrigo, neste 28 anos, e não seu partido. E mais, isso é tratado como algo natural, uma vez que no Brasil, os partidos são meras legendas eleitorais, e não agrupamentos de ordem ideológica, com raras exceções no âmbito da esquerda. Agora é esperar que, de fato, os interesses pessoais de Heitor Férrer casem com os interesses do PSB no Ceará.

No PSB, ele diz ter o compromisso do presidente nacional, Carlos Siqueira, e do novo presidente estadual, Danilo Forte, de ter legenda para disputar a prefeitura de Fortaleza em 2016. Em 2010, Heitor foi candidato à prefeitura de Fortaleza, ficando em terceiro lugar, e nunca escondeu seu descontentamento e desconfiança com o resultado eleitoral, se colocando desde então como pré-candidato ao pleito de 2016. A filiação de Heitor Férrer ao PSB acontece sem festividade, a pedido do próprio parlamentar. 

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247