Homem que ameaçou explodir bomba em prova da OAB-BA se entrega à polícia

O homem que ameaçou explodir uma bomba no Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), em Salvador, onde seria realizada a prova da OAB, se entregou à polícia, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia; a prova foi cancelada; segundo a pasta, não foram encontrados artefatos explosivos ou armas de fogo com o rapaz, identificado como Frank Oliveira da Costa; segundo a polícia, informações preliminares dão conta de que o caso se trata de um fato isolado, sem conexões com terrorismo; grupo antibomba do Bope foi acionado para comparecer ao local

O homem que ameaçou explodir uma bomba no Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), em Salvador, onde seria realizada a prova da OAB, se entregou à polícia, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia; a prova foi cancelada; segundo a pasta, não foram encontrados artefatos explosivos ou armas de fogo com o rapaz, identificado como Frank Oliveira da Costa; segundo a polícia, informações preliminares dão conta de que o caso se trata de um fato isolado, sem conexões com terrorismo; grupo antibomba do Bope foi acionado para comparecer ao local
O homem que ameaçou explodir uma bomba no Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), em Salvador, onde seria realizada a prova da OAB, se entregou à polícia, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia; a prova foi cancelada; segundo a pasta, não foram encontrados artefatos explosivos ou armas de fogo com o rapaz, identificado como Frank Oliveira da Costa; segundo a polícia, informações preliminares dão conta de que o caso se trata de um fato isolado, sem conexões com terrorismo; grupo antibomba do Bope foi acionado para comparecer ao local (Foto: Leonardo Lucena)

Bahia 247 - O homem que ameaçou explodir uma bomba no Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), em Salvador, onde seria realizada a prova da OAB, se entregou à polícia por volta das 16h50 deste domingo (24). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia. A prova foi cancelada. Não foram encontrados artefatos explosivos ou armas de fogo com o rapaz, que foi identificado como Frank Oliveira da Costa, de acordo com a secretaria.

A rendição ocorreu quatro horas após início da confusão e com a chegada do advogado Marcos Melo, contratado pela família do suspeito. Houve muito pânico e muita correria, mas não houve feridos, segundo a polícia.

O coronel do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), Paulo Coutinho, disse que o rapaz ameaçou jogar um bomba no local por não ter passado no exame anteriormente. De acordo com o coronel, o rapaz aparentava ter problemas mentais e já tem um processo contra a OAB.

A SSP-BA informou que o rapaz foi encaminhado ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Segundo a polícia, informações preliminares dão conta de que o caso se trata de um fato isolado, sem conexões com terrorismo.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247