Hospital de campanha de Manaus zera número de pacientes com coronavírus e encerra atividades

De acordo com a prefeitura da capital, 611 pacientes foram recuperados na unidade, o que representa 81% de êxito no tratamento no espaço

Hospital de campanha de Manaus
Hospital de campanha de Manaus (Foto: Divulgação/Semcom)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O hospital de campanha de Manaus (AM) encerrou as atividades, oficialmente, nesta terça-feira (23), após 71 dias de funcionamento. De acordo com a prefeitura, 611 pacientes foram recuperados na unidade, o que representa 81% de êxito no tratamento no espaço.

De acordo com o site disponibilizado pelo governo federal atualizações de casos do coronavírus, o estado do Amazonas registrou 65.073 confirmações e 2.686 mortes provocadas pela doença. Os relatos foram publicados no portal G1

Manaus teve caixões enterrados empilhados e em valas comuns por causa do colapso no sistema de saúde. O número de enterros apresentou redução e a média caiu para próximo ao que era registrado antes da pandemia. Pesquisadores, no entanto, ainda consideram um novo surto da doença.

Começam agora os trabalhos de readaptação do espaço, que voltará ao projeto inicial de uma escola. Ao todo, mais de 1,4 mil alunos da educação infantil e do ensino fundamental serão atendidos.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247