Ibovespa cai 2,66% com incertezas por Trump e setor bancário

A Bovespa fechou no vermelho nesta quinta-feira e com forte giro financeiro, pressionada novamente por incertezas relacionadas aos movimentos de Donald Trump quando assumir a Casa Branca, com investidores também atentos às notícias corporativas e políticas no Brasil

Bovespa bateu recorde de movimentação financeira em 2011
Bovespa bateu recorde de movimentação financeira em 2011 (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou no vermelho nesta quinta-feira e com forte giro financeiro, pressionada novamente por incertezas relacionadas aos movimentos de Donald Trump quando assumir a Casa Branca, com investidores também atentos às notícias corporativas e políticas no Brasil. 

O setor bancário ficou entre os destaques negativos, com as ações preferenciais do Bradesco caindo cerca de 8 por cento após resultado trimestral, enquanto papéis de fabricantes de celulose lideraram as altas diante da disparada do dólar ante o real.

Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em queda de 2,66 por cento, a 61.578 pontos. O giro financeiro era de 15 bilhões de reais. 

(Por Flavia Bohone)

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247