IFC e WEF se unem para fomentar startups na América Latina e Caribe

A Corporação Financeira Internacional (IFC) e o Fórum Econômico Mundial (WEF) estão fazendo uma parceria para aumentar o desenvolvimento de startups na América Latina e Caribe; a iniciativa ficará com as inscrições abertas até o dia 5 de fevereiro e as 50 selecionadas serão convidadas a formar parte do Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina que ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de março

A Corporação Financeira Internacional (IFC) e o Fórum Econômico Mundial (WEF) estão fazendo uma parceria para aumentar o desenvolvimento de startups na América Latina e Caribe; a iniciativa ficará com as inscrições abertas até o dia 5 de fevereiro e as 50 selecionadas serão convidadas a formar parte do Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina que ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de março
A Corporação Financeira Internacional (IFC) e o Fórum Econômico Mundial (WEF) estão fazendo uma parceria para aumentar o desenvolvimento de startups na América Latina e Caribe; a iniciativa ficará com as inscrições abertas até o dia 5 de fevereiro e as 50 selecionadas serão convidadas a formar parte do Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina que ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de março (Foto: Leonardo Lucena)

StartSe - A Corporação Financeira Internacional (IFC) e o Fórum Econômico Mundial (WEF) estão fazendo uma parceria para aumentar o desenvolvimento de startups na América Latina e Caribe. A iniciativa ficará com as inscrições abertas até o dia 5 de fevereiro e as 50 selecionadas serão convidadas a formar parte do Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina que ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de março.

As empresas serão escolhidas por especialidades do ecossistema de startups da região da América Latina e Caribe, mas para ser elegível para o processo de seleção as startups devem estar dentro dos seguintes critérios:

  • Ter recebido ao menos 1 rodada de investimento
  • Se estiver em estágio inicial, estar gerando receita demonstrando sucesso ou ter um protótipo pronto para lançamento
  • Se estiver em estágio avançado, ser considerado uma empresa líder ou de alto potencial em seu campo
  • Demonstrar o compromisso de fazer um impacto substancial a longo prazo nos negócios e na sociedade da América Latina.
  • Não ser uma subsidiária ou uma join venture

As inscrições serão recebidas em toda a região e avaliadas cuidadosamente por meio de critérios que incluem geração de receita, fontes de financiamento e o fortalecimento do ambiente de startups de cada país. Ao todo serão 50 selecionadas sendo 25 especificamente do Brasil e os outros 25 dos países da América Latina e Caribe.

Segundo Jeremy Jurgens, Diretor e Chefe de Conhecimento e Engajamento Digital do Fórum Econômico Mundial, “as startups na América Latina estão usando soluções criativas para encarar não somente problemas locais, mas também globais”. “Essa nova iniciativa integrará os líderes de startups da América Latina nos diálogos nacionais e regionais relacionados com os principais desafios da região”, completa ele.

As selecionadas se uniram à UpLink, iniciativa do WEF que visa acelerar e escalar o sucesso de startups. Como primeiro passo, as startups selecionas serão convidadas a participar de um programa feito sob medida durante o Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina com a oportunidade de interagir com atores políticos da região e com líderes executivos, e também terão acesso à rede de membros do Fórum, com quem poderão formar parcerias para futuros projetos na região.

Caso haja interesse em se inscrever no processo de seleção e também o edital com as regras clique aqui, mas se você quer iniciar a sua empreitada confira o ebook da StartSe “Passo a Passo para Criar uma Startup”, com tudo que você precisa saber para dar o pontapé inicial.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247