IFDM: Palmas é 4ª capital em desenvolvimento

Índice da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) de Desenvolvimento Municipal mostrou que na região Norte, capital do Tocantins aparece como a única cidade que apresentou alto desenvolvimento e no Brasil ocupa a 4ª posição entre as capitais brasileiras, ficando atrás apenas de Curitiba (0,8678), São Paulo (0,8642) e Vitória (0,8462); para efeito de cálculo são levadas em consideração as condições de Saúde, Educação e Emprego e Renda; para o prefeito Carlos Amastha (PP), o bom desempenho revela os investimentos feitos nos últimos anos

Índice da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) de Desenvolvimento Municipal mostrou que na região Norte, capital do Tocantins aparece como a única cidade que apresentou alto desenvolvimento e no Brasil ocupa a 4ª posição entre as capitais brasileiras, ficando atrás apenas de Curitiba (0,8678), São Paulo (0,8642) e Vitória (0,8462); para efeito de cálculo são levadas em consideração as condições de Saúde, Educação e Emprego e Renda; para o prefeito Carlos Amastha (PP), o bom desempenho revela os investimentos feitos nos últimos anos
Índice da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) de Desenvolvimento Municipal mostrou que na região Norte, capital do Tocantins aparece como a única cidade que apresentou alto desenvolvimento e no Brasil ocupa a 4ª posição entre as capitais brasileiras, ficando atrás apenas de Curitiba (0,8678), São Paulo (0,8642) e Vitória (0,8462); para efeito de cálculo são levadas em consideração as condições de Saúde, Educação e Emprego e Renda; para o prefeito Carlos Amastha (PP), o bom desempenho revela os investimentos feitos nos últimos anos (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - O Índice criado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) de Desenvolvimento Municipal (IFDM) 2014, ano-base 2011, aponta Palmas como a 1ª cidade no ranking estadual com um IFDM consolidado de 0,8413. A Firjan aponta, ainda, uma evolução de 2005 para 2011, na qual Palmas saltou de 0,7563 para 0,8413. Na região Norte, Palmas é a única cidade que apresentou alto desenvolvimento e no Brasil ocupa a 4ª posição entre as capitais brasileiras, ficando atrás apenas de Curitiba (0,8678), São Paulo (0,8642) e Vitória (0,8462).

Para efeito de cálculo são levadas em consideração as condições de Saúde, Educação e Emprego e Renda. O índice varia de 0 a 1 ponto, sendo que é considerado baixo de 0 a 0,4; regular de 0,4001 a 0,6; moderado de 0,6001 a 0,8; e alto de 0.8001 a 1. Nas três áreas avaliadas, Palmas alcança alto desenvolvimento com os seguintes índices: 0,8577 na Educação; 0,8483 na Saúde; e 0,8179 no índice de Emprego e Renda.

Para o prefeito Carlos Amastha (PP), o bom desempenho revela os investimentos feitos nos últimos anos. "E na atual gestão continuamos trabalhando para melhorar ainda mais. O foco é proporcionar mais qualidade de vida aos palmenses, com investimentos na Educação que já somos destaque; na Saúde que buscamos melhorar ainda mais a estrutura; e na área de Emprego e Renda, temos buscado atrair investidores para que novos postos de trabalho surjam", ressaltou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247