Igreja também foi destruída em incêndio no centro de São Paulo

Uma igreja evangélica luterana foi atingida com o desabamento do prédio no Largo do Paissandú, no centro de São Paulo, após um incêndio de grandes proporções que atingiu dois edifícios na madrugada desta terça; a edificação de 1908 ficou bastante destruída; na foto à esquerda, é possível ver a igreja (amarela) e o prédio que desabou (verde, de vidro)

Uma igreja evangélica luterana foi atingida com o desabamento do prédio no Largo do Paissandú, no centro de São Paulo, após um incêndio de grandes proporções que atingiu dois edifícios na madrugada desta terça; a edificação de 1908 ficou bastante destruída; na foto à esquerda, é possível ver a igreja (amarela) e o prédio que desabou (verde, de vidro)
Uma igreja evangélica luterana foi atingida com o desabamento do prédio no Largo do Paissandú, no centro de São Paulo, após um incêndio de grandes proporções que atingiu dois edifícios na madrugada desta terça; a edificação de 1908 ficou bastante destruída; na foto à esquerda, é possível ver a igreja (amarela) e o prédio que desabou (verde, de vidro) (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 - Uma igreja evangélica luterana foi atingida com o desabamento do prédio no Largo do Paissandú, no centro de São Paulo, após um incêndio de grandes proporções que atingiu dois edifícios na madruga desta terça-feira 1º. A edificação de 1908 ficou bastante destruída.

Os vitrais da Igreja Luterana é de autoria de Conrado Sorgenicht Filho, mesmo vitralista do Mercado Municipal de São Paulo. O pastor luterano Frederico Ludwig contou que há anos alertava a Prefeitura de São Paulo sobre as condições do local. "Corria esgoto a céu aberto lá dentro, além de focos do mosquito da dengue", afirma.

O prédio que desabou, antiga instalação da Polícia Federal, tinha 26 andares e era ocupado por cerca de 50 famílias. O fogo começou no 5º andar, suspeita-se que pela explosão de um botijão de gás, por volta de 1h30.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247