Impeachment: Advogados organizam ato contra OAB

Advogados alagoanos preparam um ato público contra o posicionamento de conselheiros da seccional estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de apoiar um possível processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff; "Em dezembro do ano passado, a OAB havia decidido não apoiar o processo, e agora, sem nenhum fato novo, decide apoiar a saída dela. Quais os motivos que levaram a essa mudança?", questiona Welton Roberto, um dos organizadores do ato

Advogados alagoanos preparam um ato público contra o posicionamento de conselheiros da seccional estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de apoiar um possível processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff; "Em dezembro do ano passado, a OAB havia decidido não apoiar o processo, e agora, sem nenhum fato novo, decide apoiar a saída dela. Quais os motivos que levaram a essa mudança?", questiona Welton Roberto, um dos organizadores do ato
Advogados alagoanos preparam um ato público contra o posicionamento de conselheiros da seccional estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de apoiar um possível processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff; "Em dezembro do ano passado, a OAB havia decidido não apoiar o processo, e agora, sem nenhum fato novo, decide apoiar a saída dela. Quais os motivos que levaram a essa mudança?", questiona Welton Roberto, um dos organizadores do ato (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Um grupo de advogados alagoanos prepara para as 19 horas desta segunda-feira (21) um ato público contra o posicionamento de conselheiros da seccional estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de apoiar um possível processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A mobilização acontece no auditório do Sindicato dos Bancários, no centro de Maceió, onde será assinado um manifesto.

Além do ato previsto para esta noite, há a previsão de manifestações para esta terça e quarta-feira. A primeira deve acontecer amanhã no Fórum do Barro Duro. Na quarta deve haver uma carreata, que terá como ponto de partida a OAB no Centro e seguirá até a nova sede, localizada no bairro de Jacarecica.

Segundo o advogado Welton Roberto, que é filiado ao PT, os atos públicos previstos para esta semana servirão para demonstrar que a decisão da seccional da OAB em Alagoas não representa o pensamento da categoria e, sim, dos conselheiros. Roberto diz esperar entre 200 e 400 advogados na mobilização.

"É preciso deixar claro que há advogados que são contra o processo de impeachment. O posicionamento de conselheiros não pode ser entendido como o de uma categoria inteira", explicou. E completou: "Não quer dizer que a categoria está rachada, mas quer dizer que divergimos neste ponto".

Welton Roberto diz que as discordâncias dizem respeito aos fatores que levaram a OAB a apoiar a saída da presente. "Em dezembro do ano passado, a OAB havia decidido não apoiar o processo, e agora, sem nenhum fato novo, decide apoiar a saída dela. Quais os motivos que levaram a essa mudança? É isso que questionamos"

A OAB-AL ainda não se posicionou sobre a medida tomada pelo grupo de advogados do estado.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247