Incêndio mata pelo menos 200 em prisão de Honduras

Funcionrios investigam se o fogo na cadeia localizada na cidade de Comayagua foi causado por prisioneiros que haviam se rebelado ou por um curto-circuito

Incêndio mata pelo menos 200 em prisão de Honduras
Incêndio mata pelo menos 200 em prisão de Honduras (Foto: DIVULGAÇÃO)

247, com Agência Estado - Um incêndio em uma prisão de Honduras deixou pelo menos 200 detentos mortos e dezenas de feridos no centro de Honduras, afirmou o diretor do setor prisional do país nesta quarta-feira. "Nós estamos retirando corpos, e chegamos a 200. A situação é séria, a maioria morreu sufocada", disse Danilo Orellana. O incêndio começou na noite de terça-feira, na Colônia Penal Agrícola de Comayagua, que fica na cidade de Comayagua, cerca de 75 quilômetros ao norte da capital, Tegucigalpa.

Segundo informações iniciais, o fogo não teria sido causado por rebelião, mas por um curto-circuito em um dos dois módulos da prisão. Por não conseguirem sair de suas celas, muitos morreram sufocados ou queimados vivos. O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Camayagua, Josué García, disse que viu cenas "infernais" cenas ao tentar apagar o fogo.

O porta-voz da Secretaria de Segurança, comissário Héctor Iván Mejía, afirmou que "suspeita-se que muitos prisioneiros tenham fugido do lugar". Havia na prisão pelo menos 806 detentos.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247