Incêndio mata sete pessoas no Rio Grande do Sul

Sete pessoas morreram em um incêndio ocorrido em Arroio dos Ratos, município localizado a 55 quilômetros de Porto Alegre; a casa incendiada está em uma propriedade pertencente ao Centro Novos Horizontes, voltado ao tratamento de dependentes químicos; segundo informações da Brigada Militar, cerca de 40 pessoas estavam na casa no momento em que o fogo começou; as sete vítimas estavam em uma área de contenção, que era gradeada, e não conseguiram sair após o início das chamas

Sete pessoas morreram em um incêndio ocorrido em Arroio dos Ratos, município localizado a 55 quilômetros de Porto Alegre; a casa incendiada está em uma propriedade pertencente ao Centro Novos Horizontes, voltado ao tratamento de dependentes químicos; segundo informações da Brigada Militar, cerca de 40 pessoas estavam na casa no momento em que o fogo começou; as sete vítimas estavam em uma área de contenção, que era gradeada, e não conseguiram sair após o início das chamas
Sete pessoas morreram em um incêndio ocorrido em Arroio dos Ratos, município localizado a 55 quilômetros de Porto Alegre; a casa incendiada está em uma propriedade pertencente ao Centro Novos Horizontes, voltado ao tratamento de dependentes químicos; segundo informações da Brigada Militar, cerca de 40 pessoas estavam na casa no momento em que o fogo começou; as sete vítimas estavam em uma área de contenção, que era gradeada, e não conseguiram sair após o início das chamas (Foto: Leonardo Lucena)

Daniel Isaia – Correspondente da Agência Brasil

Sete pessoas morreram em um incêndio ocorrido na madrugada desta quinta-feira (21) em Arroio dos Ratos, município localizado a 55 quilômetros de Porto Alegre. A casa incendiada está em uma propriedade pertencente ao Centro Novos Horizontes, voltado ao tratamento de dependentes químicos.

Segundo informações da Brigada Militar, cerca de 40 pessoas estavam na casa no momento em que o fogo começou, por volta da 1h. As sete vítimas estavam em uma área de contenção, que era gradeada, e não conseguiram sair após o início das chamas. Apenas uma delas foi atingida pelo fogo; as outras seis vítimas morreram intoxicadas com a fumaça.

Quatro pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas ao Hospital de Pronto Socorro, na capital gaúcha. Os nomes das vítimas não foram divulgados.

A Polícia Civil isolou o local para realização de perícia e ouviu o depoimento de testemunhas. O delegado de Arroio dos Ratos, Pedro Urdangarin, afirmou que três funcionários da clínica serão autuados em flagrante como responsáveis pelo incêndio.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247