Indústria belga anuncia unidade em Anápolis

A gigante belga do setor farmacoquímico Gerresheimer anunciou nesta sexta-feira, durante reunião dos empresários da empresa Wellington Lentini e Jens Christian Friis com o governador Marconi Perillo, em Bruxelas, a implantação de uma nova fábrica de grande porte em Anápolis; companhia vai investir R$ 180 milhões na construção e operação da planta em Goiás, em duas fases; Gerresheimer é empresa líder mundial na produção e fornecimento de embalagens para o setor farmacêutico, com produtos especiais em vidro e plástico; prefeito de Anápolis, João Gomes (PT), também estava presente na reunião e comemorou a chegada de investimentos para a cidade

A gigante belga do setor farmacoquímico Gerresheimer anunciou nesta sexta-feira, durante reunião dos empresários da empresa Wellington Lentini e Jens Christian Friis com o governador Marconi Perillo, em Bruxelas, a implantação de uma nova fábrica de grande porte em Anápolis; companhia vai investir R$ 180 milhões na construção e operação da planta em Goiás, em duas fases; Gerresheimer é empresa líder mundial na produção e fornecimento de embalagens para o setor farmacêutico, com produtos especiais em vidro e plástico; prefeito de Anápolis, João Gomes (PT), também estava presente na reunião e comemorou a chegada de investimentos para a cidade
A gigante belga do setor farmacoquímico Gerresheimer anunciou nesta sexta-feira, durante reunião dos empresários da empresa Wellington Lentini e Jens Christian Friis com o governador Marconi Perillo, em Bruxelas, a implantação de uma nova fábrica de grande porte em Anápolis; companhia vai investir R$ 180 milhões na construção e operação da planta em Goiás, em duas fases; Gerresheimer é empresa líder mundial na produção e fornecimento de embalagens para o setor farmacêutico, com produtos especiais em vidro e plástico; prefeito de Anápolis, João Gomes (PT), também estava presente na reunião e comemorou a chegada de investimentos para a cidade (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A gigante belga do setor farmacoquímico Gerresheimer anunciou nesta sexta-feira, durante reunião dos empresários da empresa Wellington Lentini e Jens Christian Friis com o governador Marconi Perillo, em Bruxelas, a implantação de uma nova fábrica de grande porte em Anápolis. A companhia vai investir R$ 180 milhões na construção e operação da planta em Goiás, em duas fases – R$ 60 milhões de imediato, na primeira, e R$ 120 milhões na segunda fase.

A implantação da unidade vai gerar 750 empregos diretos. A nova fábrica da Gerresheimer contará com 30 mil metros de área construída e vai abrigar alta tecnologia em sua linha de produção. Os empresários devem ir a Goiás no mês que vem para assinatura do Protocolo de Intenções. Objetivo é iniciar a produção em junho de 2016. Com unidades em 40 grandes cidades ao redor do planeta, a Gerresheimer detém grande parcela do mercado brasileiro e tem presença muito forte e sólida no setor em todo mundo.

Em 2014, a empresa contabilizou um faturamento total de 6 bilhões de euros no mundo. Eles anunciam também que vão desativar as três fábricas instaladas em São Paulo e focar apenas em Anápolis. A intenção é alugar, de imediato, no novo Daia, um galpão para iniciarem logo as atividades. Participaram do encontro com o governador Marconi Perillo os empresários Wellington Lentini e Jens Christian Friis, da Gerresheimer, e os empresários goianos da comitiva, entre eles o presidente da Fieg, Pedro Alves. O prefeito de Anápolis, João Gomes, disse que esse acerto foi muito importante para Anápolis. "Já valeu a pena a viagem", comemorou.

Gerresheimer

A Gerresheimer é empresa líder mundial na produção e fornecimento de embalagens para o setor farmacêutico, com produtos especiais em vidro e plástico. Está representada em todo o mundo, com cerca de 11.000 funcionários, distribuídos em mais de 40 fábricas na Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia.

A extensa gama de embalagens farmacêuticas e produtos para a administração simples e segura dos medicamentos inclui canetas de insulina, inaladores, seringas preenchidas, frascos de injeção, ampolas, frascos e recipientes para medicamentos líquidos e sólidos com sistema de fechamento e de segurança, além das embalagens para a indústria cosmética.

A empresa opera no Brasil com três unidades industriais no Estado de São Paulo, atende cotidianamente as indústrias farmacêuticas no Brasil, inclusive as localizadas no Estado de Goiás, e pretende reordenar sua operação industrial com a nova unidade em Goiás. Os estudos e negociações para a instalação da fábrica começaram no ano passado via Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED) e Gabinete de Relações Internacionais.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email