Indústria do CE registra segunda maior alta em outubro

Dados do IBGE divulgados nesta terça-feira (8) mostram que a produção industrial cearense cresceu 0,9% em outubro em comparação com o mês anterior. O estado ficou atrás apenas da Bahia (2,2%) e é um dos quatro dentre os 14 pesquisados que obtiveram crescimento

Dados do IBGE divulgados nesta terça-feira (8) mostram que a produção industrial cearense cresceu 0,9% em outubro em comparação com o mês anterior. O estado ficou atrás apenas da Bahia (2,2%) e é um dos quatro dentre os 14 pesquisados que obtiveram crescimento
Dados do IBGE divulgados nesta terça-feira (8) mostram que a produção industrial cearense cresceu 0,9% em outubro em comparação com o mês anterior. O estado ficou atrás apenas da Bahia (2,2%) e é um dos quatro dentre os 14 pesquisados que obtiveram crescimento (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - A produção industrial do Ceará registrou a segunda maior alta do país no último mês de outubro, crescendo 0,9% em comparação ao mês anterior, de acordo com dados divulgados nesta terça (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estado ficou atrás apenas da Bahia (2,2%) e à frente de Pernambuco (0,3) e Santa Catarina (0,2%). 

Os outros 10 estados dos 14 pesquisados apresentaram queda, sendo as maiores no Pará (-6%), Paraná (-5,7%) e Espírito Santo (-5,1%). São Paulo apresentou redução de 0,4%, abaixo da média nacional que foi de -0,7%. 

Em comparação ao mesmo mês do ano passado, no entanto, a produção industrial cearense acumula uma queda de 9,3%, mesmo assim abaixo da média nacional, de -11,2%. O recuo mais intenso foi registrado no Amazonas (-20,6%).

(Com informações do Diário do Nordeste)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247