Inflação pelo IGP-10 cai em fevereiro

Inflação medida pelo Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) ficou em 0,05% em março; taxa apurada é inferior aos percentuais de fevereiro deste ano (0,14%) e de março de 2016 (0,58%); IGP-10 acumula 1,07% no ano e 5,11% em 12 meses, de acordo com dados da Fundação Getulio Vargas (FGV)

Na foto Geral no Local.
Materia sobre Preço do Tomate.
Editoria de Economia.
Local: Supermercado Leve St Universitario.
05/11/2013
Foto: Danilo Bueno
Na foto Geral no Local. Materia sobre Preço do Tomate. Editoria de Economia. Local: Supermercado Leve St Universitario. 05/11/2013 Foto: Danilo Bueno (Foto: Paulo Emílio)

Vitor Abdala, repórter da Agência Brasil - A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) ficou em 0,05% em março. A taxa apurada é inferior aos percentuais de fevereiro deste ano (0,14%) e de março de 2016 (0,58%). O IGP-10 acumula 1,07% no ano e 5,11% em 12 meses, de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A queda da inflação entre fevereiro e março foi influenciada pelos preços no atacado e no varejo. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que analisa o atacado, teve deflação (queda de preços) de 0,12% em março. Em fevereiro, a deflação havia sido de 0,03%.

A inflação do Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, caiu de 0,54% em fevereiro para 0,32% em março. No entanto, o Índice Nacional de Custo da Construção, terceiro subíndice que compõe o IGP-10, teve alta de 0,36% em fevereiro para 0,59% em março.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247