Insegurança alimentar atinge 37% das casas no TO

Pesquisa Suplementar de Segurança Alimentar, divulgada pelo IBGE nessa quinta-feira, 18, mostra uma realidade preocupante no Tocantins; 37% dos domicílios estão na situação de insegurança alimentar; do público nessas condições maioria são idosos que representam mais de 12% bem como crianças de zero a quatro anos; conforme os dados, mais de 3% da população do Estado vive em situação de insegurança alimentar grave

Pesquisa Suplementar de Segurança Alimentar, divulgada pelo IBGE nessa quinta-feira, 18, mostra uma realidade preocupante no Tocantins; 37% dos domicílios estão na situação de insegurança alimentar; do público nessas condições maioria são idosos que representam mais de 12% bem como crianças de zero a quatro anos; conforme os dados, mais de 3% da população do Estado vive em situação de insegurança alimentar grave
Pesquisa Suplementar de Segurança Alimentar, divulgada pelo IBGE nessa quinta-feira, 18, mostra uma realidade preocupante no Tocantins; 37% dos domicílios estão na situação de insegurança alimentar; do público nessas condições maioria são idosos que representam mais de 12% bem como crianças de zero a quatro anos; conforme os dados, mais de 3% da população do Estado vive em situação de insegurança alimentar grave (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nessa quinta-feira, 18, a Pesquisa Suplementar de Segurança Alimentar Pnad. 

Os dados referem-se ao ano de 2013 e mostram uma realidade preocupante no Tocantins.  37% dos domicílios estão na situação de insegurança alimentar. Do público nessas condições maioria são idosos que representam mais de 12% bem como crianças de zero a quatro anos. Conforme os dados, mais de 3% da população do Estado vive em situação de insegurança alimentar grave.

A pesquisa realizou uma amostra de 148,7 mil domicílios ou 362,6 mil moradores em todo o país. Segundo os dados, no Brasil, ao todo 50 milhões de pessoas vivem com insegurança alimentar. Deste total, 13,3 milhões de pessoas estão na Região Norte. 

O Maranhão é o Estado do Brasil onde a população mais passa fome. São cerca de 60% dos domicílios nesta situação. Na região norte apenas Rondônia ultrapassou a média nacional nos indicadores de segurança alimentar.

Clique aqui e leia na íntegra a pesuisa do IBGE.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247