Intercept: por que só existe um treinador negro entre os 32 da Copa?

Brasil, Marrocos, Irã, Nigéria, Costa Rica, Egito… Ainda que boa parte dos jogadores desses times passe longe do padrão branco europeu, quase todos os treinadores das 32 seleções que chegaram à Rússia para disputar a Copa do Mundo são brancos. E há apenas um treinador negro: Aliou Cissé, que comanda a equipe senegalesa, diz texto do Intercept Brasil

Britain Football Soccer - Nigeria v Senegal - International Friendly - The Hive, Barnet, London, England - 23/3/17 Senegal coach Aliou Cisse Action Images via Reuters / Peter Cziborra Livepic
Britain Football Soccer - Nigeria v Senegal - International Friendly - The Hive, Barnet, London, England - 23/3/17 Senegal coach Aliou Cisse Action Images via Reuters / Peter Cziborra Livepic (Foto: Leonardo Lucena)

Por Pedro Borges, Intercept Brasil - Brasil, Marrocos, Irã, Nigéria, Costa Rica, Egito… Ainda que boa parte dos jogadores desses times passe longe do padrão branco europeu, quase todos os treinadores das 32 seleções que chegaram à Rússia para disputar a Copa do Mundo são brancos. E há apenas um treinador negro: Aliou Cissé, que comanda a equipe senegalesa.

Se dentro do campo as estrelas, com frequência, não têm cabelos louros e olhos claros, do lado de fora é difícil encontrar quem fuja desse padrão. Junto ao Senegal, só a Tunísia, comandada por um árabe, Coreia do Sul e Japão, dirigidas por asiáticos, ameaçam o padrão europeu.

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247