Intervenção no Rio preocupa vizinhos

A intervenção militar na Segurança Pública do Rio de Janeiro está preocupando estados vizinhos como São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais; os três estados se articulam para criar uma estratégia que tente evitar uma possível migração de criminosos do Rio para esses estados; o governo de Minas Gerais informou que já existe um planejamento de ações das forças de segurança para fazer um trabalho de inteligência em conjunto com outros estados; "O governo do estado está atento e já em planejamento de ações para evitar qualquer resquício negativo oriundo da situação da segurança pública do estado vizinho do Rio de Janeiro"

Governador Fernando Pimentel participa dos Fóruns Regionais de Caratinga. 30-11-2017-Caratinga Foto: Manoel Marques/imprensa-MG
Governador Fernando Pimentel participa dos Fóruns Regionais de Caratinga. 30-11-2017-Caratinga Foto: Manoel Marques/imprensa-MG (Foto: Aquiles Lins)

Minas 247 - A intervenção militar na Segurança Pública do Rio de Janeiro está preocupando estados vizinhos como São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais. Os três estados se articulam para criar uma estratégia que tente evitar uma possível migração de criminosos do Rio para esses estados.

O governo de Minas Gerais divulgou nota ontem informando que já existe um planejamento de ações das forças de segurança para fazer um trabalho de inteligência em conjunto com outros estados.

"O governo do estado está atento e já em planejamento de ações para evitar qualquer resquício negativo oriundo da situação da segurança pública do estado vizinho do Rio de Janeiro", informa o governo, lembrando que a Secretaria de Segurança Pública, as polícias Militar e Civil, o Corpo de Bombeiros e o sistema prisional já vêm realizando um trabalho com outros estados. O plano estratégico a ser adotado não foi divulgado por questões de segurança.

Em entrevista coletiva, o secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, André Garcia, disse que pretende mobilizar forças policiais para a divisa. "Precisamos nos precaver contra a migração de criminosos, antecipar qualquer cenário para não sermos surpreendidos e garantir a segurança dos capixabas", disse ele.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247