Iris avisa que só discutir reajuste salarial em 2018

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB) avisou nesta quinta-feira os servidores municipais que só discutir reajuste de salários a partir de fevereiro de 2018. O anúncio foi feito durante reunião no Paço Municipal com representantes dos servidores da Saúde; “Mais uma vez Iris pediu paciência, explicou a dificuldade financeira, as medidas que está promovendo para colocar as contas em dia e que se esforça para pagar os salários. Reposição salarial, aumento e retomada das gratificações só ano que vem”, relatou a vereadora Dra. Cristina, que participou da reunião

iris rezende
iris rezende (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB) avisou nesta quinta-feira os servidores municipais que só discutir reajuste de salários a partir de fevereiro de 2018. O anúncio foi feito durante reunião no Paço Municipal com representantes dos servidores da Saúde. Também estavam no encontro os secretários Fátima Mrue (Saúde) e Samuel Almeida (Governo) e a vereadora Dra. Cristina Lopes (PSDB).

A vereadora disse que a justificativa principal do prefeito é a falta de recursos. Iris voltou a pedir paciência. “Mais uma vez ele pediu paciência, explicou a dificuldade financeira, as medidas que está promovendo para colocar as contas em dia e que se esforça para pagar os salários. Reposição salarial, aumento e retomada das gratificações só ano que vem”, relatou a vereadora.

Legalmente, Iris deveria ter encaminhado à Câmara o projeto de reposição salarial até o dia 1º de maio e, portanto, descumpre lei federal ao não conceder reajuste. “Ele está descumprindo a lei fiscal o que pode inclusive motivar pedido de impedimento da administração dele”, ponderou a tucana. “Vamos conversar com as lideranças sindicais, que são os principais prejudicados, para avaliar como nos posicionaremos a respeito dessa resposta do prefeito”.

Com informações do site do Jornal Opção

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247