Irmão do ex-goleiro Bruno revela onde estariam os restos de Eliza Samudio

A Polícia Civil do Piauí informou que colheu depoimento de Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, 27, irmão do ex-goleiro Bruno Fernandes, em que ele indica o local onde estariam os restos mortais de Eliza Samudio, desaparecida durante visita da Minas Gerias, em 2010; a assessoria da Polícia Civil do Piauí confirmou a informação, mas não soube informar qual foi o dia do depoimento, que ainda será enviado para averiguação; ex-goleiro Bruno cumpre pena de 22 anos na Grande Belo Horizonte por ter sido condenado, em 2013, pela morte de Eliza, 

A Polícia Civil do Piauí informou que colheu depoimento de Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, 27, irmão do ex-goleiro Bruno Fernandes, em que ele indica o local onde estariam os restos mortais de Eliza Samudio, desaparecida durante visita da Minas Gerias, em 2010; a assessoria da Polícia Civil do Piauí confirmou a informação, mas não soube informar qual foi o dia do depoimento, que ainda será enviado para averiguação; ex-goleiro Bruno cumpre pena de 22 anos na Grande Belo Horizonte por ter sido condenado, em 2013, pela morte de Eliza, 
A Polícia Civil do Piauí informou que colheu depoimento de Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, 27, irmão do ex-goleiro Bruno Fernandes, em que ele indica o local onde estariam os restos mortais de Eliza Samudio, desaparecida durante visita da Minas Gerias, em 2010; a assessoria da Polícia Civil do Piauí confirmou a informação, mas não soube informar qual foi o dia do depoimento, que ainda será enviado para averiguação; ex-goleiro Bruno cumpre pena de 22 anos na Grande Belo Horizonte por ter sido condenado, em 2013, pela morte de Eliza,  (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - A Polícia Civil do Piauí informou que colheu depoimento de Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, 27, irmão do ex-goleiro Bruno Fernandes, em que ele indica o local onde estariam os restos mortais de Eliza Samudio, desaparecida durante visita da Minas Gerias, em 2010. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (4) pela assessoria da Polícia Civil do Piauí.

A assessoria de imprensa da polícia não soube informar qual foi o dia do depoimento, que ainda será enviado para averiguação. O delegado-geral da Polícia Civil, Ridel Batista, disse que o pedido de depoimento foi feito pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, que ainda investiga o caso, conforme relato do Uol.

"Foi um depoimento solicitado pela polícia do Rio em que pegamos alguns fatos da investigação do desaparecimento da Eliza", resumiu Batista, dizendo que não poderia passar mais detalhes sobre o caso, por exemplo detalhar a cidade onde estariam os restos mortais.

O ex-goleiro Bruno cumpre pena de 22 anos na Região Metropolitana de Belo Horizonte por ter sido condenado, em 2013, pela morte de Eliza. No mês passado, ele se casou com a dentista carioca Ingrid Calheiros, com quem iniciou relacionamento amoroso durante o processo.

O irmão de Bruno também é suspeito de crimes no Piauí. Em setembro do ano passado, ele foi preso por suspeita de estuprar uma adolescente em Teresina (PI). Outros estupros também são atribuídos a ele, que está detido na capital à espera de julgamento.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247