Irmãos Ferreira Gomes denunciam a mídia tradicional nas redes sociais

Os irmãos Ciro e Ivo Ferreira Gomes iniciaram esta sexta-feira (29) denuciando o golpe a partir das manchetes de portais da mídia conservadora. Com publicações no Facebook, os irmãos criticam os golpistas e a parcialidade da grande mídia

Os irmãos Ciro e Ivo Ferreira Gomes iniciaram esta sexta-feira (29) denuciando o golpe a partir das manchetes de portais da mídia conservadora. Com publicações no Facebook, os irmãos criticam os golpistas e a parcialidade da grande mídia
Os irmãos Ciro e Ivo Ferreira Gomes iniciaram esta sexta-feira (29) denuciando o golpe a partir das manchetes de portais da mídia conservadora. Com publicações no Facebook, os irmãos criticam os golpistas e a parcialidade da grande mídia (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Os irmãos Ciro e Ivo Ferreira Gomes amanheceram hoje mostrando sua indignação com a hipocrisia que atinge o Brasil, com o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Em suas páginas na rede social (Facebook) postaram "prints" de manchetes de jornais sobre os golpistas, particularmente as denúncias contra o presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha.

Ciro, reproduzindo um post, convida a uma comparação entre as chamadas dos portais da Globo e da Uol, e Ivo postou "envie essa notícia de hoje para seu amigo que tem bandido de estimação. Pra você que não tem, bom dia", acompanhado de um print da capa da Uol, que mostra a propina de R$ 52 milhões recebida por Eduardo Cunha.

Ontem, em entrevista à revista Fórum, o ex-ministro Ciro Gomes havia feito duras críticas à mídia tradicional. Já Ivo Gomes tinha compartilhado um vídeo que está circulando nas redes sociais, em que Michel Temer declara sua parceria com Eduardo Cunha - "As tarefas difíceis eu entrego à fé de Eduardo Cunha", disse o vice-presidente na ocasião.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email