Ivan Valente sobre Cristiane Brasil: seria cômico se não fosse trágico

Deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) lamentou as tentativas insistentes de Temer, refém do Congresso, de empossar a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho; a filha de Roberto Jefferson (PTB-RJ) já foi condenada por não cumprir as leis trabalhistas; "Três vezes impedida pela Justiça de tomar posse, Temer com medo de perder votos do PTB mantém a farsa do corrupto Jefferson. O povo é q paga a conta c/a maldita Reforma trabalhista de Temer"

Deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) lamentou as tentativas insistentes de Temer, refém do Congresso, de empossar a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho; a filha de Roberto Jefferson (PTB-RJ) já foi condenada por não cumprir as leis trabalhistas; "Três vezes impedida pela Justiça de tomar posse, Temer com medo de perder votos do PTB mantém a farsa do corrupto Jefferson. O povo é q paga a conta c/a maldita Reforma trabalhista de Temer"
Deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) lamentou as tentativas insistentes de Temer, refém do Congresso, de empossar a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho; a filha de Roberto Jefferson (PTB-RJ) já foi condenada por não cumprir as leis trabalhistas; "Três vezes impedida pela Justiça de tomar posse, Temer com medo de perder votos do PTB mantém a farsa do corrupto Jefferson. O povo é q paga a conta c/a maldita Reforma trabalhista de Temer" (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - Crítico ferrenho do governo de Michel Temer, o deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) voltou a cutucar a atual gestão, após a tentativa de empossar a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha de Roberto Jefferson (PTB-RJ), no Ministério do Trabalho.

"O caso Cristiane Brasil, a ministra que não foi, seria cômico se não fosse trágico p/o povo brasileiro. Três vezes impedida p/ Justiça de tomar posse, Temer c/medo de perder votos do PTB mantém a farsa do corrupto Jefferson. O povo é q paga a conta c/a maldita Reforma trabalhista de Temer", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter.

Cristiane enfrenta dois processos com ex-motoristas que alegam ter trabalhado para ela sem carteira assinada e por 15 horas diárias. Em um deles, a parlamentar foi condenada a pagar R$ 60,4 mil a Fernando Fernandes Dias, que prestava serviços para ela e a família. A deputada teve o nome incluído no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT) porque não pagou parte do valor.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247