Iziane deve abrir mão de Londres para jogar na WNBA

Estrela do basquete feminino s fechar contrato com o Seattle Storm se aceitar deixar a seleo brasileira

Iziane deve abrir mão de Londres para jogar na WNBA
Iziane deve abrir mão de Londres para jogar na WNBA (Foto: Jefferson Bernardes/VIPCOMM)

247 – Uma das principais estrelas do basquete feminino brasileiro pode não estar nos Jogos Olímpicos de Londres. A ala Iziane recebeu uma proposta para voltar à principal liga de basquete, a WNBA. A equipe do Seatlle Storm ofereceu um teto salarial de R$ 173 mil anuais, mas para aceitar ela terá que desistir de disputar a competição no Reino Unido, em agosto.

A jogadora ainda não decidiu seu destino, mas deu a entender que jogar nos Estados Unidos seria mais rentável à sua carreira. “Infelizmente, para nós do basquete feminino, não é rentável. Lógico que o basquete está tentando uma nova virada, novos adeptos e novos jogadores, mas ainda não temos este marketing todo em cima. A parte de patrocínio ainda está muito difícil. Então, financeiramente não é rentável. A gente vai por amor, dedicação”.

O prazo de contratações da WNBA está se encerrando e Iziane disse que o prazo é curto para fazer sua escolha. “Se eu não der uma resposta para a equipe, ela vai contratar outras jogadoras. Esse é o meu prazo. A seleção ainda não fez a convocação, então eu tenho bastante tempo para ir. A WNBA é quem acaba me pressionando porque as contratações começaram no início de fevereiro e já estamos no final (do mês). Então, esse é o meu limite”.

Esta poderá ser a segunda vez que Iziane deixa de disputar uma Olimpíada. Em 2008, a atleta se negou a entrar em quadra em uma partida da seleção brasileira pelo Pré-Olímpico por medo de se machucar – à época, também jogava pela WNBA – e foi cortada dos Jogos de Pequim pelo então treinador Paulo Bassul.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247