Jackson: "Povo de Sergipe sabe da minha lealdade"

Contrariando vontade do governador Marcelo Déda (PT), o governador em exercício Jackson Barreto (PMDB) deu posse a Roberto Bispo para presidente da Codise; "sou um homem de paz, de bandeira branca. Relaxem todos", disse ele, antes de assinar a nominata que colocou Bispo no Governo

Jackson: "Povo de Sergipe sabe da minha lealdade"
Jackson: "Povo de Sergipe sabe da minha lealdade"

Sergipe 247 - O governador Jackson Barreto (PMDB) afirmou a pouco, na tarde desta terça-feira (16), no início da solenidade de posse de Roberto Bispo para a presidência da Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais de Sergipe (Codise), que é um "homem de paz, da "bandeira branca". "Relaxem todos", disse, antes de assinar a nominata que oficializou a entrada do irmão do ex-prefeito Luciano Bispo no Governo. "Vejo a posse de Roberto Bispo com muita tranquilidade", frisou. A posição de Jackson contraria a vontade do governador Marcelo Déda (PT), que mais cedo publicou no Twitter sua insatisfação com a escolha do governador em exercício.

À imprensa, Jackson foi evasivo. "Eu diria apenas o seguinte: O povo de Sergipe me conhece, sabe da minha história de lealdade aos projetos que abracei e aos amigos aos quais me aliei. De sorte que independente da minha vontade e da vontade do governador, que lamentavelmente, neste momento, enfrenta um problema sério de saúde, o Estado não pode parar. O povo quer nos ver trabalhando", afirmou.

No discurso da posse, o governador em exercício destacou o trabalho desenvolvido por Déda ("Ninguém fez mais por Sergipe do que Marcelo Déda. Sergipe hoje é observado como Estado com intenso potencial de desenvolvimento") e pediu orações pela saúde do petista ("Quem acredita em Deus sabe que Ele faz milagres"). Ao final, Jackson fez nova referência a Déda. "Este Estado sabe que tem um governador e ele se chama Marcelo Déda. E sabe que tem um vice chamado Jackson Barreto", frisou.

Um fato quase passou despercebido: os deputados estaduais Samuel Alves (Capitão Samuel) e Raimundo Vieira (Mundinho da Comase) prestigiaram a solenidade de posse. Detalhe: eles integram a oposição e são os parlamentares citados como possíveis deputados que poderiam passar a integrar a base aliada ao Governo.

Leia mais: 

Jackson dará ou não posse a Roberto Bispo?

Déda: "Jackson nomeou presidente da Codise à minha revelia"

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247