Jackson sobre secretariado: “é preciso fazer adaptações”

O governador em exercício de Sergipe explica que objetivo das mudanças que pretende realizar na estrutura administrativa do Estado visa à acomodação de partidos aliados como o PSD, além de ser o mecanismo mais eficiente para reconstruir maioria na Assembleia Legislativa; Jackson rechaça atrito com o governador: "Déda tem o estilo dele e a gente respeita. Eu tenho meu estilo próprio, que não é melhor do que o dele. Só é diferente. Queremos dar continuidade ao projeto, conversar mais e dialogar mais com a população”

Jackson sobre secretariado: “é preciso fazer adaptações”
Jackson sobre secretariado: “é preciso fazer adaptações”

Sergipe 247 – O governador em exercício Jackson Barreto (PMDB) afirmou, em entrevista ao jornalista André Barros (na Jovem Pan FM), que pretende realizar mudanças no secretariado. Ele diz que esta é a forma de integrar mais partidos ao agrupamento governista e construir a maioria na Assembleia Legislativa.

“É preciso fazer algumas adaptações. Não só por estilo, mas para integrar mais partidos, como o PSD. É preciso abrir espaço no Governo para o PSD e ampliar para outros partidos e lideranças para ter maioria na Assembleia e realizar o projeto que desejamos para o Estado. Não se governa com minoria. Tem que ter maioria e consolidar essa maioria. Uma maioria levando em conta que o Governo tem que prestar contas dos seus atos. Quero ser bastante transparente, eu quero administrar com maioria. Sem maioria é ingovernável. Estou trabalhando com essa possibilidade concreta. Não queremos confrontos. Queremos entendimento”, disse.

Segundo Jackson, “alguns parlamentares estão preocupados” com as mudanças que ele pretende realizar na estrutura administrativa, mas ele ressalta que o objetivo dessas alterações é para dar continuidade ao projeto de Governo iniciado por Marcelo Déda (PT) em 2007. “Déda tem o estilo dele e a gente respeita. Eu tenho meu estilo próprio, que não é melhor do que o dele. Só é diferente. Queremos dar continuidade ao projeto, conversar mais e dialogar mais com a população”, frisou. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247