Janaina cai em fake news e divulga postagem falsa de Maria do Rosário

Depois de protagonizar vários momentos ridículos no Twitter, a advogada Janaína Paschoal espalhou post falso sobre a deputada Maria do Rosário (PT-RS); a postagem dizia que a deputada "perdoaria” alguém que a estuprasse porque “estupradores são pessoas frágeis e desequilibradas, que precisam de amor e carinho”; uma checagem simples no perfil da deputada bastaria para confirmar que a postagem é falsa

Depois de protagonizar vários momentos ridículos no Twitter, a advogada Janaína Paschoal espalhou post falso sobre a deputada Maria do Rosário (PT-RS); a postagem dizia que a deputada "perdoaria” alguém que a estuprasse porque “estupradores são pessoas frágeis e desequilibradas, que precisam de amor e carinho”; uma checagem simples no perfil da deputada bastaria para confirmar que a postagem é falsa
Depois de protagonizar vários momentos ridículos no Twitter, a advogada Janaína Paschoal espalhou post falso sobre a deputada Maria do Rosário (PT-RS); a postagem dizia que a deputada "perdoaria” alguém que a estuprasse porque “estupradores são pessoas frágeis e desequilibradas, que precisam de amor e carinho”; uma checagem simples no perfil da deputada bastaria para confirmar que a postagem é falsa (Foto: Charles Nisz)

SP 247 - Depois de passar inúmeros vexames no Twitter, a advogada Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment contra Dilma Rousseff, ajudou a propagar uma mensagem falsa atribuída à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

Nesta sexta-feira 25, Janaína postou em sua conta no Twitter um post montado que colocava na boca da parlamentar uma mensagem em que ela diz que "perdoaria” alguém que a estuprasse porque “estupradores são pessoas frágeis e desequilibradas, que precisam de amor e carinho”.

Uma checagem simples no perfil da deputada bastaria para confirmar que a postagem é falsa. Nesta quinta, Maria do Rosário negou a publicação. "Sou obrigada a esclarecer+um absurdo. O texto do tuíte abaixo é fraude. Ñ penso assim é não o escrevi. É coisa da máfia propaga ódio", escreveu a parlamentar.

Somente após receber uma enxurrada de críticas por disseminar um post falso, Janaína se retratou. Ela também virou alvo de piadas por se justificar, em 28 mensagens, o motivo de ter compartilhado aquela mensagem. "O tweet que se revelou falso também chamou minha atenção por ser difícil o ser humano afirmar como reagirá caso venha a ser vítima", disse em um deles.

Outros tuítes de Janaína ganharam repercussão recentemente, quando ela pediu ajuda ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra a Venezuela, e ao acusar a Globo de "comunista" porque a apresentadora de um telejornal da emissora vestia vermelho, dentre outros vexames.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247