JB sobre reajuste: “estamos fazendo as contas”

De acordo com o governador Jackson Barreto (PMDB), o Estado ainda estaria com algumas pendências a ser resolvidas antes da definição do índice de reajuste do funcionalismo; "Estamos fazendo as contas, refazendo as contas, porque falamos que a nossa intenção era fazer esse anúncio essa semana mas estamos com algumas problemas e estamos buscando a solução. Me preocupa que possamos fazer as coisas dentro da legalidade", afirmou

De acordo com o governador Jackson Barreto (PMDB), o Estado ainda estaria com algumas pendências a ser resolvidas antes da definição do índice de reajuste do funcionalismo; "Estamos fazendo as contas, refazendo as contas, porque falamos que a nossa intenção era fazer esse anúncio essa semana mas estamos com algumas problemas e estamos buscando a solução. Me preocupa que possamos fazer as coisas dentro da legalidade", afirmou
De acordo com o governador Jackson Barreto (PMDB), o Estado ainda estaria com algumas pendências a ser resolvidas antes da definição do índice de reajuste do funcionalismo; "Estamos fazendo as contas, refazendo as contas, porque falamos que a nossa intenção era fazer esse anúncio essa semana mas estamos com algumas problemas e estamos buscando a solução. Me preocupa que possamos fazer as coisas dentro da legalidade", afirmou (Foto: Valter Lima)

Valter Lima, do Sergipe 247 - Não deve ser ainda nesta semana o anúncio sobre o reajuste dos servidores públicos e a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) da categoria, como chegou a ser anunciado pelo governador Jackson Barreto. Ontem, ele afirmou que “em breve” irá se pronunciar sobre o assunto, mas não estabeleceu data.

De acordo com Jackson, o Estado ainda estaria com algumas pendências a ser resolvidas antes da definição do índice de reajuste do funcionalismo. "Estamos fazendo as contas, refazendo as contas, porque falamos que a nossa intenção era fazer esse anúncio essa semana mas estamos com algumas problemas e estamos buscando a solução. Me preocupa que possamos fazer as coisas dentro da legalidade", afirmou.

SINDICATO PROTESTA

Enquanto o governo posterga o anúncio, o principal sindicato dos servidores estaduais, o Sintrase, já articula manifestações contra a demora. Pelas redes sociais, o presidente do sindicato, Waldir Rodrigues, afirmou que “o bicho está começando a pegar”. “Poderemos ter greve dos Ceac’s e paralisação do programa Mais Educação. Isso é só o começo”, garantiu.

Ele também criticou duramente o governador. “Precisamos encarar uma velha realidade: Jackson Barreto sucumbiu aos apelos das novas oligarquias do poder sergipano! E o ruim é que não precisam de votos para mandar”, disse. “Por que será que os processos que beneficiam os servidores da Administração Geral morrem de inanição nas gavetas da Secretaria de Planejamento?”, afirmou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247