JB: ”temos respostas para a oposição em todas as áreas"

Em reunião com secretários e deputados estaduais, governador em exercício cobra relação mais próxima entre administração e o parlamento; quer mais dinamismo na divulgação das informações de cada pasta e que isto chegue o mais rápido possível ao conhecimento dos deputados; Jackson também reclamou das assessorias de comunicação das secretarias: “cadê os assessores de comunicação? É só para receber? E o trabalho? E defender o governo? Levantar a bandeira?”; segundo JB, Governo "tem respostas para a oposição em todas as áreas"

Em reunião com secretários e deputados estaduais, governador em exercício cobra relação mais próxima entre administração e o parlamento; quer mais dinamismo na divulgação das informações de cada pasta e que isto chegue o mais rápido possível ao conhecimento dos deputados; Jackson também reclamou das assessorias de comunicação das secretarias: “cadê os assessores de comunicação? É só para receber? E o trabalho? E defender o governo? Levantar a bandeira?”; segundo JB, Governo "tem respostas para a oposição em todas as áreas"
Em reunião com secretários e deputados estaduais, governador em exercício cobra relação mais próxima entre administração e o parlamento; quer mais dinamismo na divulgação das informações de cada pasta e que isto chegue o mais rápido possível ao conhecimento dos deputados; Jackson também reclamou das assessorias de comunicação das secretarias: “cadê os assessores de comunicação? É só para receber? E o trabalho? E defender o governo? Levantar a bandeira?”; segundo JB, Governo "tem respostas para a oposição em todas as áreas" (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Valter Lima, do Sergipe 247 – O governador em exercício Jackson Barreto (PMDB) reuniu-se, na tarde desta quarta-feira (21), no Palácio de Veraneio, com secretários de Estado para discutir novos encaminhamentos da administração, cobrar mais engajamento deles e melhor relação com os deputados estaduais da base aliada, que também participam do encontro.

Após fazer um relato da mais recente viagem que fez a Brasília e um balanço de algumas obras, Jackson cobrou que os secretários apresentem com mais freqüência os investimentos de cada pasta e repassem este conteúdo para os deputados, para que a defesa do Governo na Assembleia se torne mais precisa, mais qualificada.

“Não quero secretário brincando nas redes sociais”, avisou, fazendo alguns questionamentos diretos aos próprios responsáveis pelas pastas, em relação a pouca comunicação com os deputados. Ao secretário Zezinho Sobral, da Agricultura, por exemplo, Jackson questionou o porquê das informações das 1,5 mil barragens que receberam verba do Ministério da Integração não terem chegado ao parlamentares. Perguntou também "quantas ligações" o secretário fez para informar a compra de 300 toneladas de sementes de arroz para os rizicultores do Baixo São Francisco.

"Temos respostas para a oposição em todas as áreas. Temos números impressionantes", disse o governador em exercício. "Faço um apelo para que os secretários passem as informações para os deputados e que os deputados falem. Temos 12 deputado na base aliada. Defendam o governo com os elementos que temos. Abram a boca", disse.

Jackson também reclamou da comunicação das secretarias. Segundo o governador em exercício, parte delas não produz na mesma medida que as pastas realizam ações. “Cadê os assessores de comunicação? É só para receber? E o trabalho? E defender o governo? Levantar a bandeira?”, cobrou.

Mais cedo, em entrevista ao jornalista Joedson Telles, o governador em exercício disse que todos os deputados têm feito reclamações no sentido de não terem a atenção devida por parte dos auxiliares do governo no tocante às informações da própria administração. Para corrigir a falha, Jackson exigirá que secretários, subsecretários e diretores de órgãos sejam mais acessíveis aos deputados.

“Que não fiquem presos às suas secretarias sem passar informações aos deputados, até mesmo para ajudar os deputados na defesa do governo na Assembleia Legislativa. Muitas vezes os deputados telefonam para algumas secretarias e os secretários se fecham nas informações. Não se dispõem a ter um tempo para conversar com os deputados. É preciso respeitar os deputados e o Poder Legislativo ”, antecipou JB a Joedson Telles.

Admitindo que a falta de sintonia entre os deputados e os secretários, por vezes, deixa os parlamentares sem argumentos, frente às críticas da oposição, Jackson salientou também que com as informações os deputados poderão atestar que o Governo do Estado tem um acervo de obras, e poderão defender melhor a gestão. “Temos um volume de obras tão grande que não conheço quem tenha produzido tanto para Sergipe, mas as informações não chegam ao conhecimento público porque muitos secretários não se dão ao tempo de passar as informações”, disse ainda Jackson ao jornalista.

Além dos secretários, participam do encontro os deputados Adelson Barreto (sem partido), Luiz Mitidieri (PSD), Ana Lúcia (PT), Francisco Gualberto (PT), Gustinho Ribeiro (PSD), Arnaldo Bispo (DEM), Zezinho Guimarães (PMDB) e Garibalde Mendonça (PMDB).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email