João evita criticar Déda, o que eleva rumores de aliança entre PT e DEM

Mesmo instado a responder as críticas feitas pelo governador ao secretário municipal de meio ambiente, o prefeito optou por acusar assessores de Déda de terem passado a ele informação truncada; "aprendi a admirar o governador e por isso mesmo tentei entrar em contato com ele hoje. Não consegui, mas não vou perturbar o governador com isso. Tivemos os melhores técnicos na análise dessa obra”, disse; será que esse namoro político se sustenta até 2014?

 João evita criticar Déda, o que eleva rumores de aliança entre PT e DEM
João evita criticar Déda, o que eleva rumores de aliança entre PT e DEM

Tirzah Braga, colaboração para o Sergipe 247 - O prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), afirmou nesta quinta-feira (2), durante a reabertura do Cabaré de Quinta, que o governador Marcelo Déda (PT) foi mal informado a respeito da obra de contenção que a administração municipal quer realizar na avenida Beira Mar. Pela manhã, Déda disse que o secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Matos, deveria “baixar a bola” e não misturar questões técnicas com interesses políticos.

 “Sou solidário, assim como todo mundo, à situação do governador Marcelo Déda e até mesmo por estar ausente, ele não tem conhecimento do que realmente vai ser feito. Todo mundo sabe que sempre existem maus assessores e o governador não foi bem informado”, minimizou o prefeito.

As críticas de Déda pareciam ser o início de um possível afastamento entre ele e João, que têm costurado uma aliança administrativa muito bem sucedida, mas a boa relação não sofreu abalos. “Aprendi a admirar o governador e por isso mesmo tentei entrar em contato com ele hoje. Não consegui, mas não vou perturbar o governador com isso. Tivemos os melhores técnicos na análise dessa obra”, afirmou o prefeito.

Entretanto, João defendeu o secretário Eduardo Matos e disse se tratar de um dos principais nomes do Direito Ambiental no Brasil. “Quero me solidarizar a Eduardo Matos, pois sei da seriedade do seu trabalho”, afirmou.

O que mais impressionou no Cabaré de Quinta reaberto com a presença do prefeito foi o sentimento de carinho que ele externou pelo governador de Sergipe, o que gerou diversos questionamentos sobre uma possível aliança, tema sobre o qual ele muito tergiversou. Será que há possibilidade de uma relação política futura entre João e Déda? Um repentino caso de amor político entre adversários históricos? 2014 dirá!

Leia mais:

Déda: "me espanta um promotor querer politizar uma questão técnica"

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247