João Leite promete ampliar vagas nas creches em BH

O candidato à Prefeitura de Belo Horizonte João Leite (PSDB) se reuniu com integrantes do Movimento de Luta Pró-Creches e garantiu que, se eleito, abrirá vagas para as cerca de 17 mil crianças que não têm onde ficar enquanto os pais trabalham; o postulante prometeu ampliar os convênios com as organizações não governamentais que prestam esse tipo de assistência às crianças e equipar as Unidades Municipais de Ensino Infantil (Umeis) em construção  

Belo Horizonte_MG, 28 de julho de 2016 Convencao partidaria do PSDB, na qual Joao Leite foi eleito candidato a prefeito de Belo Horizonte. Foto: NITRO
Belo Horizonte_MG, 28 de julho de 2016 Convencao partidaria do PSDB, na qual Joao Leite foi eleito candidato a prefeito de Belo Horizonte. Foto: NITRO (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - O candidato à Prefeitura de Belo Horizonte João Leite (PSDB) se reuniu nessa terça-feira (18) com integrantes do Movimento de Luta Pró-Creches e garantiu que, se eleito, abrirá vagas para as cerca de 17 mil crianças que não têm onde ficar enquanto os pais trabalham. O postulante prometeu ampliar os convênios com as organizações não governamentais que prestam esse tipo de assistência às crianças e equipar as Unidades Municipais de Ensino Infantil (Umeis) em construção.

"Não podemos conviver em Belo Horizonte com 17 mil crianças totalmente abandonadas e fora da creche. São crianças que precisam da atenção da prefeitura. São mães que, sozinhas, comandam seus lares e nós precisamos dar a essas crianças estímulo para a educação", disse. 

Para garantir mais vagas, Leite afirmou que parte do atendimento será feito pelas creches já conveniadas, que terão seus contratos com a prefeitura ampliados. “Nós temos que proteger essas crianças e, para isso, valorizar o terceiro setor, que emprega mais do que a mineração. Temos 25 mil pessoas que trabalham nesse setor. Vamos valorizar e, assim que assumir a prefeitura, vamos conversar, pois temos um grande desafio e um compromisso de campanha de incluir e colocar 17 mil crianças nas creches. Vamos fazer convênios com essas creches e sempre dialogar e conversar com o movimento de luta pró-creche”, complementou.

O presidente do Movimento Luta Pró-Creche, Wanderson Antônio Mourão, afirmou que a intenção do encontro é estabelecer um diálogo com o candidato para, caso seja eleito, melhorar a qualidade do atendimento das crianças nas creches. "Hoje, nossa principal reivindicação é a questão do repasse financeiro, pois ele envolve a valorização do profissional de creche, a questão da infraestrutura para o atendimento em geral e às crianças com necessidades especiais", disse Mourão.


Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247