Jornal Folha de S.Paulo deixa de publicar conteúdo no Facebook

A mudança, segundo o jornal, reflete as discussões internas sobre os melhores caminhos para fazer com que o conteúdo do jornal chegue aos seus leitores, que já constava no projeto editorial divulgado no ano passado.

Jornal Folha de S.Paulo deixa de publicar conteúdo no Facebook
Jornal Folha de S.Paulo deixa de publicar conteúdo no Facebook
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O jornal Folha de S. Paulo deixa de publicar conteúdo no Facebook a partir desta quinta-feira, após a maior rede social do mundo ter decidido reduzir a visibilidade do jornalismo profissional nas páginas de seus usuários, informou a publicação na edição desta quinta-feira.

A Folha, que tem atualmente 5,95 milhões de seguidores no Facebook, disse que manterá sua página na rede social, mas não mais a atualizará com novas publicações.

A mudança, segundo o jornal, reflete as discussões internas sobre os melhores caminhos para fazer com que o conteúdo do jornal chegue aos seus leitores, que já constava no projeto editorial divulgado no ano passado.

Contudo, a decisão anunciada pelo Facebook em janeiro, de mudar o filtro do News Feed para priorizar o que os amigos e familiares compartilham, tornaram mais evidente as desvantagens em utilizar a rede como um caminho de distribuição de conteúdo, disse a Folha.

De acordo com uma fonte com conhecimento do assunto, a decisão da Folha foi unilateral, sem negociação prévia com o Facebook.

A mudança no algoritmo da rede social, segundo o jornal, “reforça a tendência do usuário a consumir cada vez mais conteúdo com o qual tem afinidade, favorecendo a criação de bolhas de opiniões e convicções, e propagação das ‘fake news’”.

Um porta-voz do Facebook no Brasil disse, em nota, que a empresa está “comprometida em construir uma comunidade informada” e “está adotando uma série de medidas para garantir que as notícias que as pessoas veem no Facebook sejam informativas e de alta qualidade”.

O jornal disse que os leitores poderão continuar compartilhando conteúdo da Folha em suas páginas pessoais da rede social.

Por Raquel Stenzel

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email