Jornal mineiro diz que Dilma será deputada, e não senadora

A aposta é que ela será a deputada mais votada do País, puxando a bancada e também o fundo partidário para o PT

dilma
dilma (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da coluna A.parte, no jornal O Tempo – A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) deverá disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados. Segundo uma fonte próxima ao governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), novas costuras para a corrida eleitoral deste ano colocam a petista como postulante a deputada federal e não ao Senado como foi pensado primeiramente. Segundo a fonte, essa decisão se deu por dois motivos: deixar a vaga para o Senado na chapa livre para fazer composições com outros partidos e arrecadar um maior volume de recursos para o fundo partidário. “Dilma será a deputada mais votada no país. Com isso, ela garante mais cadeiras na Câmara, que é a base de cálculo para o fundo partidário, que é essencial para qualquer legenda. Essa é a estratégia”, explicou a fonte.

De acordo com o interlocutor, o restante da chapa seria com o governador na disputa para a reeleição, para vice-governador o empresário Josué Alencar (PR) e nas vagas para o Senado o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) Adalclever Lopes (MDB) e o jornalista Carlos Viana (PHS). 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247