Jornalista é ameaçado de morte por ser homossexual

Na mensagem direcionada ao jornalista Fernando Oliveira, apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, do Mulheres, da TV Gazeta, e colunista do Agora São Paulo, o criminoso diz que dará tiros nele com uma arma calibre 38, devido à sua orientação sexual. "Viado, aberração, safado, pilantra, doente mental, ou apenas "Fernando" eu já anotei T-O-D-O-S os seus horários, e irei descarregar meu 38 em ti. odeio viados, são promíscuos,  e um poço de aids. Não adiante fugir ou se esconder (muito menos abrir b.o)", diz o email


Na mensagem direcionada ao jornalista Fernando Oliveira, apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, do Mulheres, da TV Gazeta, e colunista do Agora São Paulo, o criminoso diz que dará tiros nele com uma arma calibre 38, devido à sua orientação sexual. "Viado, aberração, safado, pilantra, doente mental, ou apenas "Fernando" eu já anotei T-O-D-O-S os seus horários, e irei descarregar meu 38 em ti. odeio viados, são promíscuos,  e um poço de aids. Não adiante fugir ou se esconder (muito menos abrir b.o)", diz o email
Na mensagem direcionada ao jornalista Fernando Oliveira, apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, do Mulheres, da TV Gazeta, e colunista do Agora São Paulo, o criminoso diz que dará tiros nele com uma arma calibre 38, devido à sua orientação sexual. "Viado, aberração, safado, pilantra, doente mental, ou apenas "Fernando" eu já anotei T-O-D-O-S os seus horários, e irei descarregar meu 38 em ti. odeio viados, são promíscuos,  e um poço de aids. Não adiante fugir ou se esconder (muito menos abrir b.o)", diz o email (Foto: Leonardo Lucena)

Rio Grande do Sul 247 - O jornalista Fernando Oliveira foi ameaçado de morte via e-mail por ser homossexual. Apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, do Mulheres, da TV Gazeta, e colunista do Agora São Paulo, do Grupo Folha, ele fez um post nas redes sociais sobre o e-mail que recebeu.

Na mensagem, o criminoso diz que dará tiros nele com uma arma calibre 38, devido à sua orientação sexual. "Viado, aberração, safado, pilantra, doente mental, ou apenas "Fernando" eu já anotei T-O-D-O-S os seus horários, e irei descarregar meu 38 em ti. odeio viados, são promíscuos,  e um poço de aids. Não adiante fugir ou se esconder (muito menos abrir b.o)", diz o email.

O jornalista relatou a mensagem. "Hoje fui ameaçado de morte. Alguém me mandou uma mensagem dizendo que sabe de todos os meus horários, que vai descarregar um 38 em mim por um único e simples fato: eu sou gay", disse Oliveira no Instagram.

"A gente vive com medo. Por mais conforto que uma - pequena -parcela da população LGBT tenha, ela também vive com medo. De ser excluído pela família, de ter seu amor escondido, de apanhar. De morrer. Por mais que esse país seja formado por pessoas que insistem que não existe homofobia (nenhum hetero morre por ser hetero, hellooooo!), por mais que a homofobia não seja criminalizada, por mais que as investigações raramente deem em algo, eu vou atrás de meus direitos. Eu vou pedir punição a quem promove o terror", continuou.

De acordo com entrevista dada ao site Superpride, Fefito já está tomando as medidas cabíveis. "Antes de mais nada, recorri ao departamento jurídico do jornal para me orientar sobre os próximos passos. Eles me acompanharão à delegacia para fazer o boletim de ocorrência. Isso não ficará impune. Vou cobrar para que um inquérito seja instaurado, para que o IP seja rastreado", afirmou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247